• AALR3 R$ 20,13 -0.20
  • AAPL34 R$ 68,52 1.72
  • ABCB4 R$ 16,65 0.79
  • ABEV3 R$ 14,21 1.21
  • AERI3 R$ 3,75 5.04
  • AESB3 R$ 10,92 0.74
  • AGRO3 R$ 31,36 0.58
  • ALPA4 R$ 22,15 4.04
  • ALSO3 R$ 18,85 -0.79
  • ALUP11 R$ 26,51 -2.07
  • AMAR3 R$ 2,58 1.57
  • AMBP3 R$ 32,48 4.47
  • AMER3 R$ 21,50 -1.78
  • AMZO34 R$ 3,43 5.09
  • ANIM3 R$ 5,66 3.47
  • ARZZ3 R$ 81,38 2.42
  • ASAI3 R$ 16,30 3.69
  • AZUL4 R$ 20,95 4.38
  • B3SA3 R$ 12,43 4.37
  • BBAS3 R$ 37,45 -0.32
  • AALR3 R$ 20,13 -0.20
  • AAPL34 R$ 68,52 1.72
  • ABCB4 R$ 16,65 0.79
  • ABEV3 R$ 14,21 1.21
  • AERI3 R$ 3,75 5.04
  • AESB3 R$ 10,92 0.74
  • AGRO3 R$ 31,36 0.58
  • ALPA4 R$ 22,15 4.04
  • ALSO3 R$ 18,85 -0.79
  • ALUP11 R$ 26,51 -2.07
  • AMAR3 R$ 2,58 1.57
  • AMBP3 R$ 32,48 4.47
  • AMER3 R$ 21,50 -1.78
  • AMZO34 R$ 3,43 5.09
  • ANIM3 R$ 5,66 3.47
  • ARZZ3 R$ 81,38 2.42
  • ASAI3 R$ 16,30 3.69
  • AZUL4 R$ 20,95 4.38
  • B3SA3 R$ 12,43 4.37
  • BBAS3 R$ 37,45 -0.32
Abra sua conta no BTG

Carteira de ações EXAME Research zera posição em Cyrela e BB Seguridade

Saídas ocorrem após ganhos de 19% e 21% dos papéis, respectivamente, na Bolsa durante o mês de novembro
 (Getty Images/Engdao Wichitpunya / EyeEm)
(Getty Images/Engdao Wichitpunya / EyeEm)
Por Paula BarraPublicado em 01/12/2020 06:30 | Última atualização em 01/12/2020 05:43Tempo de Leitura: 2 min de leitura

Depois de subirem 18,7% e 20,6%, respectivamente, na Bolsa no mês de novembro, a EXAME Research zerou as posições que possuía em Cyrela (CYRE3) e BB Seguridade (BBSE3) em sua carteira de ações. Cada um dos papéis possuía peso de 5% no portfólio. 

Saiba como investir bem e com as melhores recomendações do maior banco de investimentos da América Latina.

Segundo o analista Bruno Lima, que assina a carteira, o desinvestimento em Cyrela ocorre pois o ativo, atualmente, está negociando a um múltiplo Preço sobre Valor Patrimonial (P/PV), que mostra se um papel está relativamente caro ou barato, de cerca de 1,85 vez, o que é muito próximo ao seu alvo estimado de 2 vezes. 

No caso de BB Seguridade, ele comenta que vê pouco espaço para ganho de capital no ativo. “Nossa recomendação de desinvestimento está baseada no fato do ativo estar sendo negociado com pouca margem de segurança vis a vis a expectativa de crescimento das linhas de negócio e múltiplo alvo utilizado para cada segmento de BB Seguridade”, explica. 

Com as baixas, a carteira de ações da Exame Research passa a ter 10 ações e apenas um representante em cada um dos setores financeiro e de construção civil. O maior peso segue com Vale, que teve participação sugerida elevada no início de novembro para 15%.