Bradesco anuncia compra de instituição financeira no México

Em nota à imprensa, o banco diz que a aquisição contempla licença regulatória local por meio da qual será possível atuar como instituição financeira
Bradesco: banco anuncia compra de instituição financeira no México (Eduardo Frazão/Exame)
Bradesco: banco anuncia compra de instituição financeira no México (Eduardo Frazão/Exame)
E
Estadão ConteúdoPublicado em 25/08/2022 às 12:03.

O Bradesco (BBDC4) anunciou nesta quinta-feira, 25, a aquisição, por meio de sua subsidiária Bradescard México, da Ictineo Plataforma uma instituição financeira popular (Sofipo) que atua com pessoas físicas naquele país. O valor do negócio não foi informado. Em nota à imprensa, o banco diz que a aquisição contempla licença regulatória local por meio da qual será possível atuar como instituição financeira.

Assine a EXAME e fique por dentro das principais notícias que afetam o seu bolso. Tudo por menos de R$ 0,37/dia.

"O negócio permitirá o acesso à autorização regulatória para distribuir novos produtos no México", diz o banco. A conclusão da transação está sujeita à aprovação das autoridades mexicanas (CNBV - Comisión Nacional Bancária y de Valores) e no Brasil (Banco Central).

Segundo o banco, atualmente, a Bradescard México é uma das principais financeiras de crédito ao consumo no segmento de cadeias de varejo, mas não possui uma licença para atuar em outras frentes de negócios financeiros pois opera como uma sociedade de responsabilidade limitada no México.

"A aquisição da instituição Ictineo Plataforma nos abrirá uma nova frente de negócios financeiros de alto potencial de crescimento no México, um país de vários predicados, como o fato de ser o segundo maior PIB da América Latina", afirma Octavio de Lazari Junior, presidente do Bradesco na nota.

LEIA TAMBÉM: Bradesco (BBDC4) firma parceria com o BV para criação de nova gestora

Segundo o executivo, a compra interessa ao banco particularmente pelo conhecimento adquirido daquele mercado com a Bradescard, que está no México há 12 anos. "Administramos cerca de 3 milhões de clientes de cartões de grandes redes varejistas. Vamos ter a possibilidade de ampliar nossa atuação passando a ser similar a um banco digital com o objetivo de ganharmos uma presença mais robusta num mercado relevante como o mexicano", conclui Lazari.

Já o diretor da Bradescard México, Alexandre Monteiro, afirma que o foco será em uma estratégia digital para a Bradescard México. "O primeiro passo será oferecer a conta digital, o empréstimo consignado, e a conta de investimentos", diz. "É um movimento relevante para consolidar a Bradescard no mercado financeiro mexicano".

No segmento de cartões de crédito, em cinco anos, a Bradescard projeta estar entre os maiores emissores de cartões no México, expandindo a quantidade de acordos comerciais com novos varejistas e fortalecendo o canal de distribuição digital com importantes investimentos em tecnologia.

LEIA TAMBÉM:

Estímulo chinês, Lula no JN, follow-on do IRB, debêntures da Braskem e o que mais move o mercado

Ibovespa hoje: Bolsa sobe com exterior após nova rodada de estímulos na China