BR Properties levanta R$ 1 bilhão em oferta; ação sobe 3%

Papéis da administradora de imóveis foram precificados a 12,50 reais na operação
Por volta das 11h05, a ação BRPR3 subia 3,04%, em 13,24 reais. (Guilherme Costa/Divulgação/Divulgação)
Por volta das 11h05, a ação BRPR3 subia 3,04%, em 13,24 reais. (Guilherme Costa/Divulgação/Divulgação)
R
Redação Exame, com Reuters

Publicado em 22/11/2019 às 11:12.

Última atualização em 22/11/2019 às 11:15.

A administradora de imóveis comerciais BR Properties precificou na quinta-feira (21) oferta primária de ações com esforços restritos a 12,50 reais por papel, levantando 1,05 bilhão de reais com a operação, de acordo com fato relevante à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Por volta das 11h05, a ação ordinária da companhia (BRPR3) subia 3,04%, em 13,24 reais.

Na operação, foram emitidas 84.375.000 novas ações ordinárias, elevando o capital social da empresa de imóveis comerciais para 4,37 bilhões de reais, divididos em 491.510.283 ações ordinárias.

A oferta inicia contemplava 62,5 milhões de ações, mas poderia ser acrescida em até 35% para atender eventual excesso de demanda no momento de precificação, o que se efetivou.

Itaú BBA, Bank of America, Santander Brasil e BTG Pactual são os coordenadores da operação.

A BR Properties informou que utilizará os recursos provenientes da oferta para aquisição de novos empreendimentos e investimento nas propriedades atuais, além do pagamento de empréstimos.