Mercados

Boom do bitcoin multiplica investidores japoneses de varejo

Outrora céticos, os investidores de varejo japoneses foram atraídos pela volatilidade da moeda digital e pela ineficiência na precificação

Bitcoin: o preço da bitcoin subiu mais de 16 vezes este ano para mais de 17 mil dólares (Reprodução/Reprodução)

Bitcoin: o preço da bitcoin subiu mais de 16 vezes este ano para mais de 17 mil dólares (Reprodução/Reprodução)

R

Reuters

Publicado em 13 de dezembro de 2017 às 16h41.

Tóquio - Um exército de investidores japoneses de varejo emergiu como força importante no mercado de bitcoin, representando cerca de30 a 50 por cento da negociação na criptomoeda, que atingido níveis recordes.

Outrora céticos, os investidores de varejo japoneses foram atraídos pela volatilidade da moeda digital e pela ineficiência na precificação, que criam oportunidade para ganhar dinheiro com a arbitragem entre bolsas.

O salto do bitcoin, cujo preço subiu mais de 16 vezes este ano para mais de 17 mil dólares, atraiu comparações com o pico de ouro dos anos 1970 ou o aumento das ações japonesas nos anos 80. Ambos entregaram ganhos maciços aos investidores de varejo japoneses antes de cair bruscamente.

As estatísticas sobre bitcoin e criptomoedas são irregulares porque a negociação não é regulamentada na maioria dos países.

Dados compilados pelo site japonês de bitcoin Jpbitcoin.com mostram que negócios de bitcoin baseados em ienes atingiram o recorde de 4,5 milhões de bitcoins em novembro, quase metade do total das maiores bolsas mundiais de 9,29 milhões de bitcoins.

Profissionais da indústria dizem que nem todos os negócios de bitcoin com base em ienes são feitos por japoneses, pois alguns hedge funds agora negociam bitcoins em ienes para tirar proveito dos diferenciais de preços entre o iene e o dólar.

Ainda assim, muitas autoridades da indústria estimam que o Japão representa cerca de um terço a metade do comércio global de bitcoins.

Acompanhe tudo sobre:BitcoinCriptomoedasJapão

Mais de Mercados

"Mercado precifica cenário de quase crise fiscal no Brasil, que não é verdade", diz Mansueto Almeida

Ibovespa abre em queda pressionado por índices de NY e inflação no Brasil acima do esperado

IA transforma tarefas em Wall Street, mas profissionais ainda estão céticos

Stellantis tem queda de 48% no lucro líquido do 1º semestre

Mais na Exame