Mercados

BM&FBovespa planeja nova plataforma para aluguel de ações

Segundo reportagem do Valor Econômico, objetivo é ampliar a oferta de aluguel de papéis com menor liquidez


	Objetivo é possibilitar maior transparência ao mercado, já que as taxas poderão ser acompanhadas na tela de negociação
 (REUTERS/Nacho Doce)

Objetivo é possibilitar maior transparência ao mercado, já que as taxas poderão ser acompanhadas na tela de negociação (REUTERS/Nacho Doce)

DR

Da Redação

Publicado em 29 de julho de 2013 às 15h12.

São Paulo - A BM&FBovespa (BVMF3) pretende lançar no segundo semestre de 2014 uma plataforma de negociação para o mercado de aluguel de ações, conforme informou reportagem de hoje do jornal Valor Econômico.

De acordo com o diretor de renda variável da BM&FBovespa, Julio Ziegelmann, o projeto está em desenvolvimento e tem o objetivo de ampliar a oferta de aluguel, especialmente de ações com menor liquidez e que estão fora do Ibovespa, principal referência da bolsa brasileira.

Atualmente, estas operações estão concentradas em papéis de primeira linha. Ainda de acordo com a reportagem, entre as razões que levaram ao desenvolvimento da plataforma, está a intenção de viabilizar o encontro entre tomador e doador de papéis.

Outro objetivo deste desenvolvimento é possibilitar maior transparência ao mercado, já que as taxas poderão ser acompanhadas na tela de negociação.

Acompanhe tudo sobre:Aluguel de açõesB3bolsas-de-valoresEmpresasEmpresas abertasGuia de Açõesrenda-variavelservicos-financeiros

Mais de Mercados

Cenário é potencialmente o mais perigoso desde a 2ª Guerra, diz Jamie Dimon, CEO do J.P. Morgan

Bancos abrem temporada de balanços em queda nos EUA; Wells Fargo despenca 7%

Ibovespa sobe pelo 10º pregão seguido e fecha próximo dos 129 mil pontos

Balanços de bancos americanos, PPI dos EUA e pesquisa de serviços do Brasil: o que move o mercado

Mais na Exame