Acompanhe:

Bolsa de Nova York abrirá nesta quarta-feira

"As operações começarão na New York Stock Exchange às 09H30 locais (11H30 de Brasília), segundo os procedimentos normais de abertura", disse em comunicado a NYSE


	Limpeza em frente ao prédio da Bolsa de Nova York: foi o primeiro fechamento dos mercados desde os atentados de 11 de setembro de 2001
 (©AFP / Timothy A. Clary)

Limpeza em frente ao prédio da Bolsa de Nova York: foi o primeiro fechamento dos mercados desde os atentados de 11 de setembro de 2001 (©AFP / Timothy A. Clary)

D
Da Redação

30 de outubro de 2012, 16h43

Nova York - A Bolsa de Nova York, que permaneceu dois dias fechada pela passagem da supertempestade Sandy, abrirá normalmente na quarta-feira, anunciaram os operadores NYSE Euronext e Nasdaq OMX.

"As operações começarão na New York Stock Exchange às 09H30 locais (11H30 de Brasília), segundo os procedimentos normais de abertura", disse em comunicado a NYSE Euronext, afirmando que seu prédio e o da bolsa estão "totalmente operacionais".

A Bolsa eletrônica Nasdaq também estará aberta na quarta-feira e funcionará normalmente, informou o Nasdaq OMX.

Os mercados financeiros ficaram fechados na segunda e nesta terça-feira, devido à supertempestade que atingiu a costa leste dos Estados Unidos e provocou a evacuação de algumas áreas das cidades de Nova York, Filadélfia, Baltimore e Washington.

Foi o primeiro fechamento dos mercados desde os atentados de 11 de setembro de 2001 e o primeiro evento deste tipo relacionado ao clima desde setembro de 1985, quando o furacão Gloria levou o NYSE a fechar por um dia.