Bolsa abrirá em feriados municipais a partir de 2022

A partir de 2022, haverá pregão de negociação e liquidação regular na bolsa em feriados municipais da cidade de São Paulo
B3: a decisão alinha o calendário de funcionamento da B3 ao das principais bolsas de valores mundiais (Germano Lüders/Exame)
B3: a decisão alinha o calendário de funcionamento da B3 ao das principais bolsas de valores mundiais (Germano Lüders/Exame)
Karla Mamona
Karla MamonaPublicado em 18/11/2020 às 09:12.

A B3 informou nesta quarta-feira, 18, que a partir de 2022 que haverá pregão de negociação e liquidação regular na bolsa de valores em feriados municipais da cidade de São Paulo.

Conheça a EXAME Invest, o novo canal de investimentos da EXAME

Atualmente, o calendário da B3 considera a interrupção da negociação nos feriados municipais de 25 de janeiro (aniversário da cidade de São Paulo), 09 de julho (Revolução Constitucionalista de 32) e 20 de novembro (Dia da Consciência Negra), caso alguma dessas datas caia em um dia útil. A partir de 2022, haverá pregão regular em feriados municipais. 

No próximo ano, nada muda e não haverá pregão em 25 de janeiro de 2021 e 09 de julho 2021. O feriado de 20 de novembro cairá em um sábado.

Em nota, a B3 explicou que a decisão alinha o calendário de funcionamento da B3 ao das principais bolsas de valores mundiais, que interrompem o funcionamento apenas em feriados nacionais. A mudança também permitirá que o mercado de todo o Brasil possa operar na bolsa de valores seguindo o calendário de feriados nacionais.

“A mudança está sendo comunicada com mais de um ano de antecedência para que o mercado possa se adequar ao novo calendário. No entanto, não são esperados impactos significativos, uma vez que o sistema bancário brasileiro já prevê mecanismos de envio e transferência de recursos durante feriados municipais.”