Bolsa abre no feriado de Corpus Christi ? Veja o funcionamento da B3 nos próximos dias

Na sexta-feira, dia 17 de junho, o pregão regular para o mercado local de ações funcionará das 10h às 17h
B3: na sexta-feira, dia 17 de junho, a bolsa brasileira funcionará normalmente (Germano Lüders/Exame)
B3: na sexta-feira, dia 17 de junho, a bolsa brasileira funcionará normalmente (Germano Lüders/Exame)
Karla Mamona
Karla MamonaPublicado em 14/06/2022 às 10:18.

Devido ao feriado de Corpus Christi, dia 16 de junho, não haverá pregão na quinta-feira. A B3 informou que não terá nenhum tipo de negociação, registro, contratação ou movimentação nos segmentos BM&FBOVESPA, Cetip UTVM, Tesouro Direto e na Câmara de Câmbio B3. Não haverá alteração no horário de funcionamento dos sistemas do segmento Cetip UFIN.

Bolsa abre na sexta-feira, 17 de junho?

Já na sexta-feira, dia 17 de junho, a bolsa brasileira funcionará normalmente.

Confira todos os dias da semana em que a B3 irá parar (ou funcionar parcialmente) até o final do ano:

  • Independência do Brasil:7 de setembro (quarta-feira)
  • Nossa Senhora Aparecida:12 de outubro (quarta-feira)
  • Finados: 2 de novembro (quarta-feira)
  • Proclamação da República:15 de novembro (terça-feira)

Nas vésperas de Natal (dia 24 de dezembro) e Ano-Novo (dia 31) também não haveria pregão, bem como em 25 de dezembro, caso esses dias todos não caíssem no fim de semana em 2022.

E os bancos?

Sobre o funcionamento dos bancos nos próximos dias, a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) informa que não haverá atendimento nas agências bancárias no feriado do dia 16 de junho. Mesmo nos municípios em que a data tenha sido antecipada, e não seja feriado, como é o caso da cidade de São Paulo, não haverá expediente bancário.

A decisão segue a Resolução do Conselho Monetário Nacional, que não considera dias úteis para fins de operações bancárias sábados, domingos e feriados de âmbito nacional, bem como a segunda-feira e a terça-feira de Carnaval e o dia dedicado a Corpus Christi. Na sexta-feira, 17 de junho, o atendimento ao público nas agências volta a ocorrer normalmente.