Negócios

Alibaba vira alvo de investigação e ação despenca mais de 8% em Hong Kong

A queda veio após reguladores chineses anunciarem hoje que vão investigar o Alibaba por supostas práticas monopolistas

Alibaba (Aly Song/Reuters)

Alibaba (Aly Song/Reuters)

EC

Estadão Conteúdo

Publicado em 24 de dezembro de 2020 às 10h02.

A ação do Alibaba sofreu um tombo nesta quinta-feira, ampliando perdas recentes, à medida que a China ampliou a pressão sobre o gigante do e-commerce chinês.

O papel do Alibaba caiu 8,13% na Bolsa de Hong Kong hoje, a 228 20 dólares de Hong Kong, atingindo o menor patamar desde julho, após um pregão mais curto do que o normal nesta véspera de Natal. Desde o pico que atingiu no fim de outubro, a ação da varejista online acumula perdas de mais de 25%.

A queda veio após reguladores chineses anunciarem hoje que vão investigar o Alibaba por supostas práticas monopolistas. A iniciativa veio semanas depois de a China suspender uma oferta pública inicial (IPO, na sigla em inglês) do Ant Group, afiliada de tecnologia financeira do Alibaba, em Hong Kong e em Xangai. Estimava-se que o IPO do Ant atingiria US$ 34 bilhões.

O banco central chinês, o PBoC, e outros reguladores também convocaram executivos do Ant para uma reunião.

Nos últimos meses, Pequim divulgou diretrizes antitruste preliminares para plataformas de internet, apontou que algumas empresas podem se tornar "grandes demais para falir" e as alertou que não desenvolvam práticas como as de precificação predatória, abuso de uso de dados de consumidores e venda de produtos fraudulentos.

Com Dow Jones

Acompanhe tudo sobre:AlibabaAntitrusteChina

Mais de Negócios

De vendedor ambulante a empresa de eletrônicos: ele saiu de R$ 90 mil para mais de R$ 1,2 milhão

Marca de infusões orgânicas cresce com aumento do consumo de chás no Brasil e fatura R$ 6 milhões

Descubra 4 formas de pedir empréstimo e quais são as vantagens e desvantagens de cada uma

Cenário é potencialmente o mais perigoso desde a 2ª Guerra, diz Jamie Dimon, CEO do J.P. Morgan

Mais na Exame