Acompanhe:

As ações do Zoom dispararam até 13% no after-hours da última segunda-feira, 26, depois que o software de videochamada anunciou resultados acima dos esperado para o quarto trimestre. 

Antes do salto, as ações do Zoom estavam em queda de 12% este ano, enquanto o índice de ações S&P 500 havia subido 6% durante o mesmo período.

A empresa reportou lucro por ação de US$ 1,22, contra a expectativa de US$ 1,15 do consenso entre analistas da LSEG. A receita de US$ 1,15 bilhão também surpreendeu, acima do US$ 1,13 bilhão esperado. 

Em relação ao ano anterior, a receita aumentou menos de 3% em relação a US$ 1,12 bilhão do ano anterior, de acordo com comunicado do Zoom. A empresa reportou um lucro líquido de U$ 298,8 milhões, ou 98 centavos por ação, para o trimestre encerrado em 31 de janeiro, em comparação com um prejuízo líquido de US$104,1 milhões, ou 36 centavos por ação, no trimestre do ano anterior.

Apesar das surpresas positivas, o desempenho do Zoom está longe do seu auge pandêmico, quando se tornou uma das ferramentas preferidas do trabalho remoto e viu sua a receita crescer em mais de 100% por cinco trimestres consecutivos. Agora a empresa está parada em um crescimento de um dígito.

Ao final do quarto trimestre fiscal, o Zoom tinha 220.400 clientes corporativos, em comparação com 219.700 ao final do trimestre anterior.

A ferramenta de migração do chat da equipe do Zoom "viu um aumento de 4x nos downloads nos últimos seis meses", disse Eric Yuan, fundador e CEO da empresa, durante chamada com analistas. Ele disse que a Zoom não fez um ótimo trabalho ao divulgar suas capacidades de chat.

Para o primeiro trimestre fiscal, o Zoom prevê entre US$ 1,18 e US$ 1,20 em lucro por ação ajustado e US$1,125 bilhão em receita, o que representaria um crescimento de menos de 2% em relação ao ano anterior. Os analistas consultados pela LSEG esperavam US$1,13 em lucro por ação ajustado e US$1,13 bilhão em receita.

Para o ano fiscal de 2025, a Zoom prevê entre US$ 4,85 e US$ 4,88 em lucro por ação ajustado, com US$ 4,60 bilhões em receita, um crescimento de receita de 1,6%. O consenso da LSEG era de lucro por ação ajustado de $4,71 e receita de $4,65 bilhões.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Casas Bahia (BHIA3) reporta sexto prejuízo consecutivo — e as ações pagam a conta com queda de 8%
seloMercados

Casas Bahia (BHIA3) reporta sexto prejuízo consecutivo — e as ações pagam a conta com queda de 8%

Há 2 semanas

Magazine Luiza (MGLU3) reverte prejuízo, mas ações são penalizadas no Ibovespa. Por quê?
seloMercados

Magazine Luiza (MGLU3) reverte prejuízo, mas ações são penalizadas no Ibovespa. Por quê?

Há 3 semanas

Fim da parceria com Kanye West pesa e Adidas registra primeiro prejuízo em 30 anos
seloMercados

Fim da parceria com Kanye West pesa e Adidas registra primeiro prejuízo em 30 anos

Há 3 semanas

Mesmo com vacinação baixa, lucro da Moderna surpreende e ação dispara 13%
seloMercados

Mesmo com vacinação baixa, lucro da Moderna surpreende e ação dispara 13%

Há 2 meses

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais