Ações do Twitter disparam após Elon Musk comprar 9% de participação

A compra ocorre menos de duas semanas depois de Musk criticar a empresa, questionando seguidores se o Twitter adere aos princípios de liberdade de expressão
Elon Musk, CEO da Tesla e da SpaceX e homem mais rico do mundo (Getty Images/PATRICK PLEUL)
Elon Musk, CEO da Tesla e da SpaceX e homem mais rico do mundo (Getty Images/PATRICK PLEUL)
Por Bibiana GuaraldiPublicado em 04/04/2022 09:56 | Última atualização em 04/04/2022 10:03Tempo de Leitura: 3 min de leitura

Elon Musk, CEO da Tesla e da SpaceX, comprou uma participação gigante no Twitter, o que o torna o maior acionista externo das ações da rede social, pouco depois de criticar a empresa por não defender os princípios da liberdade de expressão.

Musk possui 73.486.938 ações do Twitter, o que representa uma participação passiva de 9,2% na empresa, de acordo com o documento 13G da Securities and Exchange Commission divulgado nesta segunda-feira, 4 . A participação vale US$ 2,89 bilhões, com base no preço de fechamento do Twitter na sexta-feira, 1.

A compra ocorre menos de duas semanas depois de o homem mais rico do mundo criticar a empresa, questionando seguidores se o Twitter adere aos princípios de liberdade de expressão. “Dado que o Twitter serve como a praça pública de fato, não aderir aos princípios da liberdade de expressão mina fundamentalmente a democracia”, tuitou Musk. "O que deveria ser feito?"

 

No final do mês passado, Musk também disse que estava pensando em construir uma nova plataforma de mídia social, alternativa ao Twitter. Um usuário perguntou ao bilionário se ele, consideraria construir uma nova plataforma com algoritmo de código aberto, em que "a liberdade de expressão tenha prioridade máxima" e a "propaganda seja mínima". Musk respondeu: "Estou seriamente considerando fazer isso".

O CEO da Tesla e SpaceX é bastante conhecido por fazer promessas que nunca são cumpridas e brincar com os seguidores na sua conta do Twitter. Às vezes, as duas se misturam e não fica claro se a publicação se trata de uma brincadeira ou um plano concreto.

Embora seja classificado como uma participação passiva, os investidores estavam oferecendo ações mais altas com a chance de que isso pudesse levar a algo mais. As ações do Twitter subiram mais de 25% no pré-mercado, de acordo com a CNBC.

“Musk poderia tentar adotar uma postura mais agressiva no Twitter”, disse o analista da Wedbush Dan Ives na segunda-feira no “Squawk Box” da CNBC. “Isso eventualmente pode levar a algum tipo de compra.(...) Isso faz sentido, dado o que Musk tem falado, pelo menos do ponto de vista da mídia social”, disse Ives.