Ações da Marfrig disparam após Molina aumentar participação na companhia para 50%

Papéis ficam entre maiores altas do Ibovespa com aumento de participação dos acionistas controladores
Marfrig: ações ficam entre as maiores altas do Ibovespa após empresário aumentar participação (Paulo Whitaker/Reuters)
Marfrig: ações ficam entre as maiores altas do Ibovespa após empresário aumentar participação (Paulo Whitaker/Reuters)
Beatriz Quesada
Beatriz QuesadaPublicado em 31/05/2022 às 15:35.

As ações da Marfrig (MRFG3) saltam mais de 5% na bolsa na tarde desta terça-feira, 31, após o empresário e fundador do frigorífico, Marcos Molina, anunciar aumento de sua participação na empresa. 

A MMS, holding, por meio da qual Molina e a esposa controlam a Marfrig, acaba de romper a barreira dos 50% de participação no frigorífico – os controladores da Marfrig já detinham 49,72% dos papéis da empresa, e agora possuem 50,04%.

As ações da Marfrig vem sendo penalizadas após o anúncio de aquisição da BRF. Em maio, os papéis caem mais de 14% e estão entre as maiores quedas do Ibovespa. Após a compra de Molina, no entanto, as ações voltaram a ganhar força.

  • Marfrig (MRFG3): + 5,54%