Ação da Oi dispara 19% após Cade aprovar venda de controle da InfraCo

Globenet e BTG Pactual passarão a deter 57,9% de operadora de infraestrutura com foco em fibra ótica
Oi: Cade aprova venda de fatia majoritária da InfraCo | Foto: Paulo Whitaker/Reuters (Paulo Whitaker/Reuters)
Oi: Cade aprova venda de fatia majoritária da InfraCo | Foto: Paulo Whitaker/Reuters (Paulo Whitaker/Reuters)
Por Guilherme GuilhermePublicado em 18/10/2021 14:59 | Última atualização em 18/10/2021 15:50Tempo de Leitura: 2 min de leitura

As ações da Oi (OIBR3) chegaram a disparar 19% para 1,19 real no pregão desta segunda-feira, 18, após o Conselho Administrativo de Defesa Econômica, o Cade, aprovar sem restrições a venda do controle da InfraCo, operadora de infraestrutura que passou a se chamar Vtal.

Com isso, Globenet Cabos Submarinos e fundos do BTG Pactual (do mesmo grupo controlador da Exame) passarão a ter 57,9% do negócio. A conclusão da operação ainda está sujeita à anuência prévia da Anatel.

No mercado a venda de parte da InfraCo vinha sendo vista como um importante passo para a redução do endividamento da Oi e expansão de sua rede de atendimento. Os planos da Oi é ter a Vtal "como viabilizadora de uma rede de alta velocidade para operadoras e provedores de internet, permitindo a otimização dos investimentos, a expansão dos negócios com rápida entrada no mercado e evitando a redundância de construção de infraestrutura, que tipicamente ocorre no segmento de telecomunicações."

Na frente residencial, as receitas com fibra ótica superaram a da rede de cobre no segundo trimestre deste ano, batendo 654 milhões de reais contra 653 milhões de reais. Na comparação anual, a receita com fibra cresceu 121%.