Exame logo 55 anos
Remy Sharp
Acompanhe:

A empresa 3G Capital Inc., fundada pelo bilionário brasileiro Jorge Paulo Lemann e seus sócios, arrecadou cerca de US$ 143 milhões em receitas brutas por meio da venda das ações da Restaurant Brands International Inc.

A oferta de cerca de 2,2 milhões de ações foi realizada pelo BofA Securities Inc, disse a Restaurant Brands em um comunicado na terça-feira, e a transação foi realizada pelo preço de US$ 64,65 cada, de acordo com uma pessoa familiarizada com o assunto. 3G controlou cerca de 31% do poder de voto combinado na empresa no último relatório anual.

A 3G, com sede em Nova York, não respondeu imediatamente a um pedido de mais informações sobre a transação.

A venda ocorre em meio a tempos difíceis para Lemann, Carlos Sicupira e Marcel Telles, os sócios fundadores da 3G, depois que a varejista brasileira Americanas foi forçada a pedir recuperação judicial em janeiro em meio ao enorme buraco contábil estimado em R$ 20 bilhões (US$ 3,8 bilhões). Enquanto Lemann, Sicupira e Telles são os maiores acionistas da Americanas, a varejista não faz parte da estrutura do 3G.

Fundada em 2004, a 3G possui participações na Kraft Heinz Co., Restaurant Brands International e na fabricante holandesa de persianas Hunter Douglas NV. A Restaurant Brands é a holding do Burger King e Tim Hortons, entre outros.

Lemann, o brasileiro mais rico, tem patrimônio líquido de US$ 21,3 bilhões, segundo o índice de bilionários da Bloomberg. Sua participação na Restaurant Brands International é avaliada em cerca de US$ 1,9 bilhão.

Créditos

Últimas Notícias

ver mais
RD Station, da Totvs (TOTS3), adquire software de vendas Exact Sales por R$ 51 milhões
seloMercados

RD Station, da Totvs (TOTS3), adquire software de vendas Exact Sales por R$ 51 milhões

Há 13 horas
Queda de 16% em lucros do S&P vai frear rali, diz Morgan Stanley
seloMercados

Queda de 16% em lucros do S&P vai frear rali, diz Morgan Stanley

Há 15 horas
Ação da Apple atinge maior preço da história mas depois fecha em queda
seloMercados

Ação da Apple atinge maior preço da história mas depois fecha em queda

Há 18 horas
Por que a Ativa não acredita em corte da Selic neste ano
seloMercados

Por que a Ativa não acredita em corte da Selic neste ano

Há 18 horas
icon

Branded contents

ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

leia mais