10 notícias para lidar com os mercados nesta sexta-feira

Greve em 5 aeroportos deixa 12% de voos com atrasos; Moody’s rebaixa rating do banco Sofisa

São Paulo - Aqui está o que você precisa saber:

1 - Greve em 5 aeroportos deixa 12% de voos com atrasos. Com a paralisação dos aeroviários, funcionários dos aeroportos que trabalham em terra, deflagrada na tarde de ontem, a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) registrava às 7 horas de hoje, atrasos em cerca de 12% dos voos programados para o período em todo o País.

2 - Inflação semanal tem a maior alta desde maio. A inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor - Semanal (IPC-S) acelerou na terceira semana de dezembro. É o que informa a Fundação Getúlio Vargas (FGV), ao anunciar avanço de 0,78% para o indicador de até 22 de dezembro, acima do IPC-S imediatamente anterior, de até 15 de dezembro (0,72%). 

3 - BC muda regras para aumentar liquidez de bancos. Medida tem o potencial de injetar cerca de 30 bilhões de reais no mercado num momento em que também há preocupação de impulsionar o crescimento econômico. O diretor de Política Monetária do BC, Aldo Mendes, afirmou que a medida busca otimizar a liquidez e descartou problemas com a saúde do sistema. "Não estamos preocupados com liquidez do sistema ou com segmentos do sistema. Não é isso que nos motivou", disse o diretor à Reuters.

4 -  Confiança do consumidor melhora em dezembro, aponta FGV. A confiança do consumidor brasileiro aumentou em dezembro, segundo pesquisa da Fundação Getulio Vargas (FGV) divulgada nesta sexta-feira, com uma satisfação maior sobre o estado atual da economia.

5 - Moody’s rebaixa rating do banco Sofisa. A agência de classificação de risco reduziu a nota de longo prazo em moeda estrangeira de Ba1 para Ba2 e em moeda nacional de Aa2 para Aa3. A perspectiva é estável. Segundo a nota, a revisão foi realizada por conta dos desafios de crescimento e de geração de caixa em um contexto de maior competição e condições de créditos menos favoráveis.


6 - Petrobras firma acordo com Kuwait Petroleum para comprar diesel. A estatal brasileira assinou contrato de um ano com a KPC para compra de 25 mil toneladas de diesel por mês a partir de janeiro de 2012. O volume será adicionado a um contrato já existente entre ambas empresas, de 40 mil toneladas por mês, para fornecimento à Petrobras entre meados de 2011 e o final de 2012, segundo as fontes.

7 - Moody’s coloca rating da Embratel em revisão para uma possível elevação. A agência disse em um comunicado pode elevar a nota em moeda estrangeira Baa2 após avaliar três pontos sobre as operações: a nova lei que permite as empresas de telefonia fixa ofertar serviços de TV e a eliminação do teto de 49% para a participação de estrangeiros no capital, as negociações para comprar 2% das suas ações que estão nas mãos da Globo e o anúncio de que irá, em conjunto com a Claro, oferecer serviços de telecomunicações.

8  - Após longa discussão, Congresso aprova Orçamento para 2012. Plano foi aprovado sem aumento para servidores; aposentadoria acima do salário mínimo também não passa pelo crivo do Congresso.

9 - Fitch pode elevar rating da Coreia entre 12 e 24 meses. A agência de classificação de risco Fitch Ratings informou nesta sexta-feira que pretende elevar o rating da dívida soberana da Coreia do Sul para A+ entre 12 e 24 meses - após aumentar a perspectiva do país para "positiva" em novembro.

10 -  2012 é o ano para a Hypermarcas entregar resultados – e não repetir 2011. Nesse ano, empresa perdeu valor, vendeu ativos e manteve dividiu sua operação em duas frentes

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 1,90

Nos três primeiros meses,
após este período: R$ 15,90

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.
Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.