JPMorgan vê possível saída de US$ 300 bilhões de mercado acionário

Grandes investidores de multiativos podem precisar deslocar dinheiro da renda variável para títulos de dívida

(Bloomberg) – O reequilíbrio dos fluxos pode levar a um êxodo de cerca de US$ 300 bilhões dos mercados acionários globais até o fim do ano, de acordo com o JPMorgan Chase.

Grandes investidores de multiativos podem precisar deslocar dinheiro da renda variável para títulos de dívida após o forte desempenho das ações neste mês, escreveram estrategistas liderados por Nikolaos Panigirtzoglou em relatório na sexta-feira.

É hora de comprar ou vender ações, segundo este cenário do JPMorgan? Conte com uma assessoria especializada para descobrir.

Esses investimentos incluem fundos mútuos balanceados, como portfólios 60/40 (60% de ações e 40% de títulos), planos de pensão de benefício definido dos EUA e alguns grandes investidores como o Norges Bank, que administra o fundo soberano da Noruega, e o plano de pensão do governo japonês GPIF, disseram os estrategistas.

“Vemos alguma vulnerabilidade no curto prazo nos mercados de renda variável vinda de fundos mútuos balanceados, um universo de US$ 7 trilhões, tendo que vender cerca de US$ 160 bilhões em ações globalmente com objetivo de reverter para sua meta de alocação 60:40 no final de novembro ou no final de dezembro, o mais tardar”, escreveram os estrategistas.

 (BTG Pactual Digital/Divulgação)

Se o mercado acionário subir em dezembro, pode haver US$ 150 bilhões adicionais em ações vendidas até o fim do mês por fundos de pensão, que tendem a se reequilibrar trimestralmente, acrescentaram.

Um indicador de ações globais da MSCI atingiu recorde em 16 de novembro. O índice acumula alta superior a 10% neste mês em meio a sinais positivos sobre o desenvolvimento de vacinas contra a Covid-19 e menores preocupações com a eleição nos EUA. O índice Global-Aggregate Total Return Bloomberg Barclays subiu cerca de 1,5%.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.