O que são BDRs e como declarar no imposto de renda?

Saber como investir em BDR é uma forma de permitir que investidores consigam alocar seu capital em ativos no exterior
 (Getty/Getty Images)
(Getty/Getty Images)
D
Da Redação

Publicado em 27/10/2022 às 12:08.

Última atualização em 27/10/2022 às 12:52.

BDR é o nome dado a um certificado de negociação de um ativo no exterior. Esse tipo de investimento tem se tornado muito popular entre os investidores.

Portanto, saber como investir em BDR é uma forma de permitir que investidores consigam alocar seu capital em ativos no exterior e, assim, diversifiquem o seu portfólio de investimentos na bolsa de valores.

Saiba mais sobre os BDRs lendo as informações abaixo.

O que é BDR?

BDR é a sigla para Brazilian Depositary Receipt. Esse ativo é um certificado de depósito de ações do exterior que são negociados na bolsa brasileira, permitindo que investidores do país consigam alocar capital no exterior de maneira prática.

Sendo assim, o investidor pode alocar capital em ativos diferentes e expor o seu capital a moedas mais fortes, como o dólar e o euro, investindo nos melhores ativos de Wall Street e outras bolsas.

Entretanto, vale notar que esses papéis não são negociados diretamente na bolsa de valores do Brasil, a B3: eles são recibos das ações das companhias.

De fato, é possível investir diretamente nas ações do exterior em corretoras estrangeiras. Mas os BDRs permitem muito mais praticidade na hora de alocar capital no exterior, permitindo comprar tudo diretamente no home broker de uma corretora nacional.

Portanto, fica clara a importância de saber o que é BDR e quais as vantagens de investir nesse tipo de ativo.

Como funciona o BDR?

O BDR é o certificado de uma ação. Para que seja possível comprar esse certificado, o BDR possui uma instituição depositária — ou seja, a empresa que emite esses recibos no mercado de capitais brasileiro.

Dessa forma, o BDR tem seu lastro nas ações em que se baseiam, já que a instituição depositária comprou esses ativos no exterior e emitiu os certificados.

Além disso, ela deve manter os papéis bloqueados no exterior, uma vez que é preciso que não haja alteração entre o saldo do BDR e o valor investido na ação no exterior.

O BDR, apesar de ser um certificado de um ativo no exterior, pode ser comprado normalmente através do home broker de uma corretora, de forma similar ao que acontece com a negociação de ações e fundos imobiliários (FIIs).

Ou seja: basta digitar o código do ativo, fazer a ordem de compra ou venda e acompanhar a cotação desse tipo de ativo.

No entanto, vale notar que o código do BDR termina com o numeral 34, diferentemente dos fundos imobiliários, units e ETFs (que terminam com o número 11) e as ações (que podem terminar com vários números, sendo os mais comuns o 4 e o 3).

Quais os tipos de BDR?

Os principais tipos de BDR são dois:

  • BDR patrocinado
  • BDR não patrocinado.

Veja as suas diferenças:

BDR patrocinado

Em primeiro lugar, o BDR patrocinado exige que a companhia emissora dos valores mobiliários fora do país contrate uma instituição depositária no Brasil (que será responsável pela emissão e negociação do ativo na bolsa brasileira).

Há, ainda, três subdivisões desse ativo de renda variável:

  • BDR Nível I: não precisa de registro na CVM para ser negociado;
  • BDR Nível II: exige registro da companhia emissora na CVM;
  • BDR Nível III: igual ao nível II, mas registrado caso haja distribuição pública simultânea no Brasil e no exterior.

BDR não patrocinado

Por outro lado, o BDR não patrocinado quando o recibo é emitido por uma instituição depositária de forma independente — ou seja, não há acordo desta com a companhia que emite os valores mobiliários.

Qual a diferença entre BDR, ADR e GDR?

Em primeiro lugar, o BDR é, como já foi dito, um certificado de uma ação estrangeira negociada na bolsa de valores do Brasil, a B3. É uma alternativa para quem quer investir além das ações do Índice Bovespa.

Entretanto, existem outros dois ativos similares que são muito utilizados por investidores para diversificar sua alocação de capital entre vários países:

American Depositary Receipt (ADR): é o oposto de um BDR, consistindo em um certificado de um ativo de fora dos Estados Unidos negociado nas bolsas dos EUA. Ou seja: com um ADR, é possível investir em ações europeias, asiáticas e até mesmo brasileiras.

Por exemplo: é muito comum que investidores estrangeiros busquem as grandes companhias brasileiras, como Petrobras, Vale, Eletrobras e outras através das ADRs e não da compra diretamente na bolsa brasileira.

Global Depositary Receipt (GDR): denominação para todo ativo que possui lastro estrangeiro, independente da bolsa em que é negociado e independente de onde é possível comprá-los.

Por exemplo: ADRs e BDRs estão dentro da grande classe dos Global Depositary Receipts, pois são certificados de ativos localizados em países diferentes de onde são negociados.

Como declarar BDRs no imposto de renda?

Para saber como declarar BDR no imposto de renda, o primeiro passo é que o investidor tenha o aplicativo da Receita Federal no seu celular ou então no seu computador. 

Dessa forma, basta seguir os passos a seguir para declarar esses ativos no imposto de renda corretamente:

  • Primeiramente, escolha a seção “Bens e Direitos”;
  • Em seguida, selecione o subitem “04 – Aplicações e Investimentos
  • Utilize o código “04 – Ativos negociados em Bolsa no Brasil” e adicione o saldo no final do ano-base;
  • Na seção “discriminação, informe dados adicionais como: nome da empresa, ticker de negociação, quantidade de BDRs, valor do ativo e corretora (com o seu CNPJ);
  • Informe o valor em BDR que consta no dia 31 de dezembro do ano-base.

Como declarar operações de trading com BDRs?

Para declarar trading com BDRs, siga os passos abaixo:

  • Em primeiro lugar, entre seção “Renda Variável”;
  • Em seguida, vá em “Operações Comuns/Day Trade”;
  • Informe os ganhos líquidos mensais (lucro + prejuízo) com suas operações;

Para auxiliar no preenchimento, o investidor pode usar as suas notas de corretagem e informe de rendimentos.

Como declarar dividendos de BDRs?

Para saber como declarar dividendos de BDR, basta ir no software da receita e seguir os seguintes passos:

  • Ir em “Rendimentos Tributáveis Recebidos de Pessoa Física e do Exterior”;
  • Declarar os dividendos recebidos todos os meses do ano.

Quem precisa declarar BDRs no imposto de renda?

Primeiramente, é bom saber que nem todos os investidores precisam saber como declarar BDR, pois nem todos precisam fazê-lo. Para precisar declarar, é preciso cumprir um dos critérios abaixo:

  • Ter um custo de aquisição de R$ 1.000 ou mais na compra de BDRs;
  • Receber dividendos dos seus BDRs;
  • Fazer operações de venda (seja com lucro ou com prejuízo).

Você ainda tem dúvidas sobre BDR e seu funcionamento? Confira outros conteúdos como esse em nosso Guia de Investimentos, como:

O que é taxa Selic?
O que é IPCA acumulado?
O que é IOF?

Veja Também

O que é Custo Efetivo Total (CET) e como funciona?
seloGuia
Há 16 horas • 4 min de leitura

O que é Custo Efetivo Total (CET) e como funciona?

O que é tape reading e como funciona?
seloGuia
Há um dia • 4 min de leitura

O que é tape reading e como funciona?

As 10 maiores empresas do mundo [2022]
seloGuia
Há 2 dias • 6 min de leitura

As 10 maiores empresas do mundo [2022]

O que são rendimentos tributáveis?
seloGuia
Há 5 dias • 6 min de leitura

O que são rendimentos tributáveis?

Como resgatar caderneta de poupança antiga?
seloGuia
Há 6 dias • 6 min de leitura

Como resgatar caderneta de poupança antiga?

7 investimentos isentos de imposto de renda
seloGuia
Há uma semana • 6 min de leitura

7 investimentos isentos de imposto de renda

O que é Fan Token e como funciona?
seloGuia
Há 2 semanas • 5 min de leitura

O que é Fan Token e como funciona?