Grupo de 50 países se compromete a proteger um terço do planeta até a próxima década

Em evento francês que discutiu impactos das mudanças climáticas na economia global, países assinaram termo de compromisso para preservar ao menos 30% das terras e mares

Em uma tentativa de frear as mudanças climáticas e ajudar a alavancar a proteção de biomas, uma coalizão de 50 países se uniu em um pacto para preservação de 30% de toda a extensão de terras e oceanos do mundo. Os signatários se comprometeram a retardar a extinção em massa de espécies marinhas e terrestres e proteger os mares até 2030.

As melhores oportunidades podem estar nas empresas que fazem a diferença no mundo. Veja como com a EXAME Research

A declaração foi feita durante o evento One Planet Summit for Biodiversity, cúpula organizada pelo governo francês de Emmanuel Macron, Banco Mundial e pela Organização das Nações Unidas (ONU) e que aconteceu hoje (11), em Paris.

Os países fazem parte da chamada High Ambition Coalition pela Natureza e Pessoas (HAC), grupo intergovernamental de defesa da natureza que inclui mais de 50 governos de seis diferentes continentes e é co-presidida pelo Reino Unido, França e Costa Rica. Lançado oficialmente hoje, o HAC parte de uma reunião entre os países para a definição de estrutura e linhas de atuação, que aconteceu ainda em 2019.

De acordo com a organização do evento, o principal objetivo da cúpula que acontece em Paris é estabelecer novos padrões de comprometimento de países com a proteção da natureza e definir o ponto central do “Acordo de Paris para a natureza”, a ser firmado na próxima Conferência das Nações Unidas pelo Clima (COP15), que acontecerá na cidade chinesa de Kunming, em maio.

Segundo o jornal britânico The Guardian, o HAC espera compromissos antecipados de países como Colômbia, Costa Rica, Nigéria, Paquistão e Canadá na construção do acordo – e ainda durante o evento francês.

“Sabemos que não há caminho para combater as mudanças climáticas que não envolva um aumento maciço em nossos esforços para proteger e restaurar a natureza. Assim, como co-anfitrião da próxima Conferência do Clima, o Reino Unido está absolutamente comprometido em liderar a luta global contra a perda de biodiversidade e temos orgulho de atuar como co-presidentes da High Ambition Coalition”, disse o Ministro do Meio Ambiente do Reino Unido, Zac Goldsmith, ao The Guardian.

A França também aproveitou a ocasião para apresentar um novo grupo: a Coalizão por um Mar Mediterrâneo Exemplar em 2030, esforço que conta com a participação de seis países e busca atingir metas de sustentabilidade na pesca e no transporte marítimo.

De 0 a 10 quanto você recomendaria Exame para um amigo ou parente?

Clicando em um dos números acima e finalizando sua avaliação você nos ajudará a melhorar ainda mais.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

ATENÇÃO: Mudança na sua assinatura da revista EXAME. A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos apenas uma edição por mês. Saiba mais