Após sorteio, Brasil é favorito para vencer a Copa em sites de apostas

Seleção brasileira é a que menos paga o valor apostado se ganhar o Mundial no Catar, seguida da atual campeã do mundo, a França, e da Inglaterra
O capitão do penta, Cafu, mostra o nome do Brasil no sorteio dos grupos para a Copa do Mundo do Catar nesta sexta-feira, dia 1º de abril, em Doha (Reuters/Kai Pfaffenbach)
O capitão do penta, Cafu, mostra o nome do Brasil no sorteio dos grupos para a Copa do Mundo do Catar nesta sexta-feira, dia 1º de abril, em Doha (Reuters/Kai Pfaffenbach)
Por Marcelo SakatePublicado em 01/04/2022 19:04 | Última atualização em 01/04/2022 19:38Tempo de Leitura: 3 min de leitura

Quem vai vencer a Copa do Mundo do Catar no fim do ano? Será uma oportunidade de multiplicar o patrimônio investindo no provável vencedor? Na visão de apostadores em retrato observado depois do sorteio dos grupos e da definição dos confrontos prováveis a partir das oitavas-de-final, nesta sexta-feira, dia 1º de abril, o candidato mais forte é a seleção brasileira.

Segundo a BetMGM, um dos principais sites de apostas online do mundo e parceiro da MGM Resorts, uma vitória da seleção comandada por Tite paga 5-1 para quem apostar. Ou seja, a cada US$ 1 empenhado, o apostador ganha US$ 5. Se uma pessoa apostar US$ 100, ganhará US$ 500.

Logo a seguir estão a atual campeã do mundo, a França, junto com a Inglaterra, que foi semifinalista na Copa do Mundo da Rússia, em 2018, e vice-campeã da Eurocopa no ano passado: nos dois casos, a cada US$ 2 empenhados, o apostador leva US$ 11. Isso equivale a uma proporção de US$ 5,5 a cada US$ 1 apostado.

Conquiste um dos maiores salários no Brasil e alavanque sua carreira com um dos MBAs Executivos da EXAME Academy

A seleção comandada pelo técnico Tite e que tem Neymar como principal jogador caiu no grupo G, ao lado de Suíça, Sérvia e Camarões. Se avançar em primeiro da chave, como esperado, enfrentará nas oitavas-de-final o segundo colocado do grupo que tem Portugal, Uruguai, Gana e Coreia do Sul.

Se passar novamente, enfrentará nas quartas-de-final possivelmente — caso não haja "zebras" — o vencedor do confronto entre o primeiro colocado do grupo E, que tem Espanha e Alemanha, e o segundo do F, que tem Bélgica e Croácia.

Segundo alguns analistas esportivos, a seleção brasileira teve sorte na definição dos confrontos do mata-mata, uma vez que a França — que também é considerada a candidata mais forte pela imprensa especializada — ficou do "outro lado" do chaveamento. Ou seja, se ambas as seleções avançarem como líderes de seus respectivos grupos e ganharem seus jogos no mata-mata, só se enfrentariam em uma eventual final do Mundial.

Veja abaixo os oito grupos da Copa do Mundo do Catar, que será disputada entre os dias 21 de novembro e 18 de dezembro:

(FIFA/Divulgação)

O Brasil também é apontado como favorito na FOX Bet: sua vitória paga um múltiplo de 5,5 vezes o valor apostado. Uma aposta de US$ 100 vai pagar US$ 550; na sequência estão Inglaterra (6 vezes), França (6,5 vezes), Espanha (9 vezes) e Argentina (10 vezes).

A lógica é a seguinte: quanto maior o favoritismo, menor o valor pago, dado que o risco de errar é menor; por outro lado, quanto mais improvável o título, maior o valor pago. É um status atribuído no site da BetMGM às seleções da Costa Rica e da Nova Zelândia, que não estão sequer classificadas para o Mundial — precisam avançar na repescagem. Quem apostar US$ 100 ganhará US$ 75 mil se um dos dois países conquistar o inédito troféu.

Veja a seguir os principais favoritos segundo a BetMGM:

  • Brasil: 5-1
  • França: 11-2
  • Inglaterra: 11-2
  • Espanha: 8-1
  • Argentina: 9-1
  • Alemanha: 10-1
  • Bélgica: 11-1
  • Holanda: 11-1
  • Portugal: 12-1
  • Dinamarca: 22-1
  • Uruguai: 33-1
  • Croácia: 40-1
  • Senegal: 66-1
  • Sérvia: 80-1
  • Suíça: 80-1
  • Estados Unidos: 80-1
  • México: 100-1
  • Polônia: 100-1
  • Catar: 100-1
  • Camarões: 150-1
  • Equador: 150-1
  • Gana: 150-1
  • Ucrânia: 150-1*
  • País de Gales: 150-1*
  • Canadá: 200-1
  • Japão: 200-1
  • Peru: 200-1*
  • Irã: 250-1
  • Marrocos: 250-1
  • Arábia Saudita: 250-1
  • Escócia: 250-1*
  • Coreia do Sul: 250-1
  • Austrália: 300-1*
  • Tunísia: 350-1
  • Emirados Árabes: 350-1*
  • Costa Rica: 750-1*
  • Nova Zelândia: 750-1*