• BVSP 117.669,90 -0,5%
  • USD 5,6926 +0,0000
  • EUR 6,7616 +0,0000
  • ABEV3 15,43 -0,13%
  • BBAS3 29,27 +0,55%
  • BBDC4 25,25 +0,04%
  • BRFS3 23,91 -1,97%
  • BRKM3 43,57 -0,98%
  • BRML3 9,95 +1,95%
  • BTOW3 62,7 -0,85%
  • CSAN3 89,25 -0,45%
  • ELET3 35,45 -1,50%
  • EMBR3 16,02 -0,37%
  • Petróleo 59,31 +0,00%
  • Ouro 1.866,70 +0,00%
  • Prata 25,34 +0,00%
  • Platina 1.208,00 +0,00%

Bolsonaro afirma que dólar está alto e tem que baixar a R$ 5,00 com reformas

Para Bolsonaro, as reformas estruturantes vão "despertar, mais do que atenção, a segurança do investidor"

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou, em transmissão ao vivo pelas redes sociais nesta quinta-feira, 18, que o dólar está com cotação alta e que, na sua visão, a moeda americana teria de baixar para o nível de R$ 5. Segundo o presidente, isso aconteceria com reformas estruturantes que possam "despertar, mais do que atenção, a segurança do investidor".

Conheça o maior banco de investimentos da América Latina e invista com os melhores assessores

"Ninguém vai comprar nada aqui no Brasil se tiver insegurança. Eu vou investir e não sei se vou ter o retorno no tocante a isso daí. Então nós vamos fazendo o possível, a gente espera, se Deus quiser, brevemente a gente acalme aqui as questões do mercado", comentou Bolsonaro.

Ainda assim, o mandatário fez, como já havia feito em outras lives, um apelo para agentes do mercado financeiro que apostam na desvalorização do real em relação do dólar. "É melhor esse pessoal todo ganhar um pouco menos por mais tempo do que ganhar muito por pouco tempo, que o prejuízo vai ser enorme", disse.

Bolsonaro também apontou que a inflação do preço de produtos da cesta básica bateu, segundo ele, 20% no ano passado, o que ele considerou "um número enorme". Na sequência, o presidente se dirigiu a pessoas que o criticam nas redes sociais pela alta nos preços e disse que quem reclama deveria "ir primeiro na página do seu governador".

"Não destila todo seu ódio em mim, vá primeiro na página do seu governador, que fechou tudo, fechou o comércio, te obrigou a ficar em casa e destruiu milhões de empregos. Vá primeiro para cima deles e depois você vem para cima de mim", apelou.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.