Startup desenvolve dispositivo holográfico de fotos e vídeos; veja imagens

Após lançar o primeiro monitor holográfico do mundo, startup desenvolve display holográfico pessoal
Looking Glass Portrait: startup já arrecadou quase 2 milhões de dólares para desenvolvimento do projeto (Looking Glass/Divulgação)
Looking Glass Portrait: startup já arrecadou quase 2 milhões de dólares para desenvolvimento do projeto (Looking Glass/Divulgação)
L
Laura Pancini

Publicado em 07/12/2020 às 14:29.

Última atualização em 07/12/2020 às 14:59.

A startup americana Looking Glass está lançando o Looking Glass Portrait, dispositivo que possibilita a transformação de vídeos e imagens em holograma. O aparelho já está disponível para venda no KickStarter, site de financiamento coletivo.

Após lançar o primeiro monitor holográfico do mundo em 2018, a Looking Glass quis dar um passo adiante. "Para nós, telas holográficas não são apenas um sonho de filme de ficção científica. São algo real que usamos todos os dias", disse a startup em sua página. "Queríamos criar uma maneira para que todos tivessem seu próprio display holográfico".

O dispositivo foi desenvolvido pensando em profissionais que já têm alguma experiência com vídeos e imagens como designers, desenvolvedores, fotógrafos e cineastas. Mas, para os criadores, qualquer um pode criar seus próprios hologramas.

A startup ressalta em seu site que, hoje em dia, muitos celulares podem capturar hologramas. Elas podem ser feitas via iPhone (com o Modo Retrato), alguns modelos do Android e por vídeos e fotos compatíveis. Depois, é só transferi-las para o computador e fazer a conversão pelo aplicativo HoloPlay Studio, também da startup.

O projeto bateu sua meta de arrecadação de 50.000 dólares no KickStarter em questão de horas. Até o momento da publicação desta reportagem, a vaquinha virtual havia arrecadado quase 2 milhões de dólares, com 6.336 apoiadores e 38 dias para o fim das arrecadações.

O modelo mais simples sai por 249 dólares (por volta de 1.200 reais) e deve chegar aos consumidores em março de 2021. Já a versão que vem com base de sustentação, capa de proteção, suporte de luz e outras ferramentas custa 999 dólares (aproximadamente 5.100 reais) e chega em abril. Depois do fim da fase promocional, os preços vão subir para 349 e 1.499, respectivamente.

Assista ao vídeo: