Ferrari anuncia veículo totalmente elétrico para 2025

A montadora italiana também planeja zerar as emissões de carbono até o fim desta década
Ferrari: até o momento, a montadora italiana só havia lançando uma versão hibrida (Ferrari/Divulgação)
Ferrari: até o momento, a montadora italiana só havia lançando uma versão hibrida (Ferrari/Divulgação)
A
André LopesPublicado em 17/04/2021 às 09:30.

A mudança de CEO, em alguns casos, pode alterar completamente a visão de uma empresa. Na Ferrari, algo do tipo pode ter acontecido. Quando estava sobre o comando de Louis Camilleri, o assunto carro elétrico não era visto como importante dentro da montadora. No entanto, com sua saída no ano passado, e a entrada de John Elkann, foram só alguns meses para a empresa anunciar o primeiro modelo que trará um motor elétrico sob o icônico símbolo do cavalo.

“Estamos muito entusiasmados com a primeira Ferrari completamente elétrica, que planejamos apresentar em 2025”, declarou o presidente. 

A promessa feita em assembleia de acionistas na quinta-feira, 15, é sinal de que o caminho até a tomada é irredutível para o futuro automobilístico. Até mesmo para os carros mais luxuosos do mundo. 

O primeiro modelo híbrido da marca, a SF90 Stradale, foi lançado em maio de 2019 e é o carro mais veloz da história da montadora – atinge até 340 quilômetros por hora.

A intenção dos italianos é manter o mesmo nível de tecnologia e velocidade no próximo lançamento. Elkann ainda prometeu que a Ferrari vai alcançar a neutralidade em suas emissões de carbono até o fim desta década.