Campeonato de robôs aponta indicadores de maior sucesso no day trade

O primeiro colocado da primeira etapa lucrou R$ 10.037 em uma semana, dobrando o capital inicial do campeonato.

A Smarttbot, plataforma de automação de investimentos, identificou alguns dos principais indicadores de performance para medir o mercado em operações diárias. A empresa tirou as informações de uma análise feita durante a primeira etapa do 2º Campeonato Brasileiro de Robôs Traders, uma iniciativa promovida pela empresa.

Durante o campeonato, os campeões da primeira etapa tiveram, entre os indicadores mais utilizados, as médias móveis, que foram usadas por quase metade dos robôs competidores e o HiLo Activator,  indicador derivado das médias, que foi usado por quase 35% dos robôs mais lucrativos. Outros indicadores bastante utilizados foram MACD e Stop ATR. Os robôs com alvos longos, isso é, robôs que buscam grandes lucros em uma operação, em geral foram melhores que robôs de alvos curtos.

“Se destacarmos apenas os dez robôs mais lucrativos, vemos um aumento no uso das Médias Móveis e do HiLo, além de uma redução no uso de indicadores de volatilidade, como as Bandas de Bollinger e o SAR Parabólico, o que é curioso se pensarmos que o mercado brasileiro sofreu muita volatilidade na última semana devido às eleições americanas”, explica Mateus Lana, co-fundador e diretor de negócios na SmarttBot.

A competição não envolve a necessidade de operar com dinheiro real: a ideia é analisar estratégias usadas para programar os robôs para operar em uma simulação, pouco mais pessimista que o cenário real — o que significa que um robô que conseguir terminar no azul durante a simulação conseguiria ter ido ainda melhor caso estivesse realmente operando. Cada um deles vai operar 10 minicontratos de 10.000 reais de capital teórico.

O primeiro colocado nesta primeira etapa, robô chamado AHEAD26, lucrou R$ 10.037 em uma semana, dobrando o capital inicial do campeonato. Segundo Lana o robô que venceu a primeira etapa utilizava apenas duas médias móveis, com alvos bem longos. “Mostra que fazer um bom robô não é algo necessariamente complicado e que no mercado, assim como na vida, muitas vezes menos é mais”, disse.

O fato de que alguns desses indicadores tenham sido usados de maneira repetida não indica que sejam melhores, mas, segundo a Smarttbot, indica que possam ser os que os investidores pessoa física tenham maior familiariedade. A Smarttbot, além de ofertar a automação de estratégias traçadas por investidores, tem também uma plataforma de automação de carteiras recomendadas por analistas.

Como o evento não envolve a necessidade de aportar investimentos e trata mais de simulação, a Smarttbot tem uma abordagem educativa em torno do campeonato: a ideia é que ele sirva como uma ferramenta de ensino, para que interessados, investidores e entusiastas possam aprender como funciona um robô que realiza investimentos em tempo real baseado em uma estratégia traçada anteriormente — sem vieses psicológicos ou temporais para compra e venda de ações, por exemplo. O papel de um investimento desse tipo dentro de um portfólio maior de investimentos também está no escopo do projeto.

Junto com a inscrição, os competidores ganharam também acesso a um curso desenvolvido pela empresa, e a possibilidade de entrar em um grupo no Telegram junto de outros participantes para acesso a lives diárias com informações e conteúdo sobre os robôs e automação de investimentos. 

O Campeonato é patrocinado pela BS Investimentos, BRA Investimentos, BTG Pactual Digital (do mesmo grupo que controla a EXAME), Bússola do Investidor, Day Trader School, Necton, Nova Futura Investimentos, Órama investimentos, SmarttInvest, Terra Investimentos e Toro Investimentos.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.