EXAME lança inscrições para edição sobre empresas com práticas ESG

Novo guia amplia a tradição e o pioneirismo do Guia Exame de Sustentabilidade, a principal referência em capitalismo consciente dos últimos 20 anos

A EXAME inicia nesta quarta-feira, 17, as inscrições para a edição especial sobre empresas com práticas ESG, que trará um levantamento sobre as empresas que seguem o capitalismo de stakeholder no Brasil. O guia irá analisar e selecionar as companhias que se destacam pelos modelos de negócio e práticas mais alinhadas com o objetivo de geração de impactos positivos.

Assine a newsletter Exame.ESG e descubra como a sustentabilidade empresarial impacta diretamente a performance de seus investimentos 

Todas as empresas com atuação no país e que tenham faturado, no ano passado, ao menos 50 milhões de reais podem se inscrever. A participação é gratuita.

O prazo para completar o questionário foi ampliado. Em vez de 29 de março, as empresas poderão completar a inscrição até o dia 12 de abril.

O novo guia dá continuidade à tradição e ao pioneirismo do Guia EXAME de Sustentabilidade, principal referência em capitalismo consciente e negócios responsáveis dos últimos 20 anos. Lançado em 2000, como Guia EXAME de Boa Cidadania Corporativa, a publicação foi um marco no desenvolvimento do capitalismo brasileiro. Ao longo de duas décadas, o guia acompanhou, registrou e celebrou o avanço do empreendedorismo nacional, premiando as empresas que mais contribuíram para a construção de uma economia vibrante e diversificada no país.

Hoje, em virtude das mudanças em curso no cenário internacional e da consolidação do capitalismo de stakeholder como o padrão de atuação entre as companhias mais eficientes do mundo, uma atualização do guia se faz necessária. Honrando seu pioneirismo editorial, a EXAME mais uma vez sai na frente e dá o primeiro passo na direção de uma nova metodologia de avaliação sustentável das empresas, tendo como ponto central os princípios que regem uma gestão voltada para as boas práticas ambientais, sociais e de governança.

A nova metodologia foi desenvolvida pela consultoria ABC Associados, cuja equipe está envolvida na construção do guia desde o seu lançamento. Os critérios de avaliação foram simplificados para dar maior dinamismo e precisão à coleta de informações. Cada empresa participante será avaliada a partir de 10 aspectos do ESG. Também passarão pelo escrutínio da equipe editorial da EXAME, responsável por eliminar as empresas que, nos últimos cinco anos, tenham se envolvido em casos de corrupção, violação aos direitos humanos, destruição ilegal de florestas, acidentes ambientais graves, racismo, machismo, homofobia, cujo negócio cause prejuízos intrínsecos à sociedade ou tenha gerado riscos para seus clientes e demais stakeholders.

Uma das novidades do guia este ano será a nova divisão de setores, que visa oferecer uma visão mais precisa do mosaico empresarial que movimenta a economia. Serão 16 ao todo, separados por afinidades entre os modelos de negócios. Dessa forma, o guia vai incorporar os setores da nova economia, destacando as empresas inovadoras que estão gerando rupturas em seus setores primários e forçando as concorrentes mais antigas a se adaptarem à nova realidade do capitalismo de stakeholder.

Aliando a tradição e o legado do mais importante guia de sustentabilidade das últimas duas décadas, com a visão crítica e futurística dos melhores jornalistas de economia do país, a EXAME honra seu pioneirismo inovador e apresenta ao mercado um produto editorial de valor inestimável para os tempos de mudanças que se aproximam. Não deixe sua empresa de fora.

Para entrar em contato, mande um e-mail para esg@exame.com.

FAQ

Qual é o prazo para a entrega do formulário? 

Inicialmente, o prazo foi estabelecido para o dia 29/03. Porém, a EXAME decidiu estender o prazo para o dia 12/04

Como deve ser redigida e enviada a carta de consentimento do principal executivo? 

Estamos usando o seguinte modelo: 

Aos coordenadores da Exame ESG, 

Declaro estar ciente da participação da _______ na Edição Especial ESG, considerando a metodologia divulgada. 

Adicionalmente, confirmo a veracidade dos dados apresentados e autorizo o compartilhamento das informações por meio da plataforma de coleta disponibilizada. 

A carta pode ser enviada para o e-mail esg@exame.com. Pode ser assinada por qualquer meio, ou ser enviada diretamente da caixa de e-mail do executivo. 

Em qual setor minha empresa se encaixa? 

A nova divisão de setores busca trazer uma visão do mosaico empresarial que movimenta a economia. Com a digitalização da maioria dos mercados, faz pouco sentido manter a classificação antiga. 

A definição do setor é autodeclaratória. A empresa deve informar em qual deles ela melhor se encaixa. 

Os setores são: 

Bebida e comida − Bem-estar − Commodities − E-commerce − Educação − Energia − Financials − Healthcare − Industrials − Mobilidade − Moda − Nova economia − Real estate − Tech − Telecom − Utilities

Empresas de varejo devem entrar em E-commerce. O entendimento é que, hoje, nenhum varejista pode se dar ao luxo de não se digitalizar. Em Industrials, entram as empresas “pesadas”, como siderúrgicas, fabricantes de bens de capital etc. Indústrias de tecido que tenham marcas próprias entram em Moda, as que não possuem em Industrials. 

Mobilidade congrega montadoras, companhias aéreas e também as empresas de compartilhamento. Bancos, gestoras e demais financeiras entram em Financials. Startups disruptivas podem selecionar a categoria Nova Economia. Commodities agrega agronegócio, mineração e papel e celulose. 

Bebida e comida reúne as fabricantes de alimentos, Healthcare une serviços e indústria de saúde, Utilities abriga as concessionárias de serviços públicos, exceto as distribuidoras, que entram em energia junto com as geradoras. Já em Bem-estar estarão as empresas de beleza, perfumaria, cosméticos etc. 

Caso alguma dúvida persista, envie um e-mail para esg@exame.com.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.