Uma das maiores empresas de tecnologia do mundo, Salesforce vai lançar serviço com NFTs

A Salesforce está apostando nos tokens não fungíveis para gerar melhorias no engajamento entre empresas e clientes com novo serviço baseado em nuvem
Salesforce é a 54ª maior empresa do mundo, com valor de mercado superior a US$ 186 bilhões (Noam Galai/Getty Images)
Salesforce é a 54ª maior empresa do mundo, com valor de mercado superior a US$ 186 bilhões (Noam Galai/Getty Images)
M
Mariana Maria Silva

Publicado em 09/06/2022 às 17:50.

Última atualização em 09/06/2022 às 17:54.

A Salesforce, 54ª maior empresa do mundo e fabricante líder de softwares para atendimento ao cliente, está lançando um serviço baseado em nuvem para criar e vender NFTs. Anunciada na terça-feira, 7, a novidade é o resultado de meses de desenvolvimento.

Em breve, a Salesforce deve proporcionar a segurança e a gestão pela qual se tornou conhecida para oferecer tokens não fungíveis que podem promover um engajamento maior entre empresas e clientes. Maior que Nike, McDonald's, L'Oréal e IBM, a empresa possui um valor de mercado de mais de US$ 186 bilhões.

Ao contrário de muitos projetos do mercado de NFTs, a intenção da Salesforce não é focar na arte, e sim na utilidade dos NFTs. O novo serviço foi projetado para marcas de consumo que desejam vender NFTs para acesso a benefícios especiais, como entradas em um evento, ao invés da arte ou valor comercial, de acordo com Adam Caplan, que supervisiona o assunto na Salesforce.

“A arte deve ficar ótima. Mas esse não é realmente o ponto”, disse Caplan à Bloomberg. Os tokens não fungíveis, mais conhecidos pela sigla NFT, representam uma forma de registro em blockchain que pode ser utilizado para uma série de itens, físicos ou digitais. A partir de seu uso é possível confirmar a autenticidade e a exclusividade de qualquer coisa.

(Mynt/Divulgação)

No entanto, o mercado de NFTs não ficou imune às más intenções de hackers na internet. Por meio de um golpe chamado phishing, uma série de NFTs valiosos vem sendo roubados por hackers nos últimos meses. Coleções famosas como Bored Ape Yacht Club e Azuki foram algumas das vítimas.

De olho em transformar a onda de golpes em uma oportunidade de negócio, a Salesforce declarou que irá fornecer um serviço mais seguro para seus clientes que desejam lançar NFTs. As vendas dos tokens serão hospedadas no próprio site da marca para transmitir legitimidade aos compradores, enquanto a empresa lida com a segurança de back-end, elaboração de contratos inteligentes e autenticação, afirmou Caplan durante uma coletiva de imprensa.

Os propósitos do serviço, estão alinhados com as intenções dos clientes da Salesforce. “Os clientes da Salesforce estão mais interessados em NFTs como um fator de engajamento do que valor de ativos”, afirmou Caplan. Lançado para um grupo seleto de clientes, a empresa promete que todos terão acesso ao serviço até outubro deste ano.

Quando a empresa começou a desenvolver um serviço focado nos NFTs, alguns funcionários reagiram negativamente, apontando que a iniciativa violava o compromisso da Salesforce com a sustentabilidade, citando o impacto ambiental da mineração de criptomoedas e os golpes como algumas das razões.

No entanto, Adam Caplan reiterou que o serviço permitirá que as marcas comprem compensações de carbono e usem blockchains mais ecológicos, como aqueles que não utilizam a mineração como o mecanismo para validar suas transações. Quanto à segurança, a empresa terá a “capacidade de impedir o uso de ativos ou carteiras associadas a fraudes e ajudar na educação”, concluiu Caplan.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube | Telegram | Tik Tok