Um bitcoin por dia: entenda a nova política monetária de El Salvador

Depois de perder mais de US$ 60 milhões em investimentos em bitcoin no último ano, El Salvador pretende continuar comprando mais unidades da criptomoeda
Nayib Bukele, presidente de El Salvador (AFP/AFP Photo)
Nayib Bukele, presidente de El Salvador (AFP/AFP Photo)
C
Cointelegraph BrasilPublicado em 17/11/2022 às 13:58.

Como a primeira nação do mundo a adotar o bitcoin como moeda de curso legal em setembro de 2021, El Salvador está de volta às compras.

O presidente de El Salvador, Nayib Bukele, anunciou em 16 de novembro que o país centro-americano começará a comprar bitcoin diariamente a partir de 17 de novembro. O anúncio ocorre quase três meses depois que o país fez sua última compra de bitcoin em julho de 2022.

"Compraremos um bitcoin todo dia a partir de amanhã", publicou Nayib Bukele no Twitter.

El Salvador começou a comprar bitcoin em setembro de 2021, logo após transformá-lo em moeda de curso legal. Na época, o bitcoin estava no meio de um ciclo de alta e todas as compras feitas pelo país pareciam lucrativas, pois o preço atingia um novo recorde histórico a cada duas semanas. No entanto, com o advento do mercado de baixa no segundo trimestre de 2022, as compras de bitcoin de El Salvador resultaram em grandes perdas para o país.

De acordo com registros públicos, El Salvador detém atualmente 2.381 BTC a um preço médio de compra de US$ 43.357. Assim, o país gastou quase US$ 103,23 milhões em aquisições de bitcoin que agora equivalem a US$ 39,4 milhões.

(Mynt/Divulgação)

O anúncio de uma nova política de compras de bitcoin em um momento em que a principal criptomoeda está sendo negociada em valores muito próximos do fundo do atual ciclo de baixa do mercado pode ajudar El Salvador a compensar ao menos parte de suas perdas nos próximos meses.

Olhando além do prejuízo nominal acumulado pela pequena nação em suas compras de bitcoin, a principal criptomoeda do mercado tem sido fundamental para ajudar a reduzir significativamente o custo de remessa internacionais e também deu um impulso ao setor de turismo do país.

O repórter do Cointelegraph, Joe Hall, está atualmente em El Salvador e está fazendo uma experiência de usar apenas Bitcoin no dia a dia. Segundo Hall, o bitcoin é aceito na maioria dos pontos turísticos do país, mas os aplicativos e serviços móveis precisam de mais refinamento para uma adoção mais ampla.

A adoção do bitcoin em El Salvador pode não parecer muito promissora no momento devido ao intenso inverno cripto. No entanto, olhando para o histórico dos ciclos de preços do bitcoin, o país pode facilmente compensar suas perdas no próximo mercad de alta simplesmente mantendo em suas reservas os bitcoins comprados anteriormente.

Aproveite todas as possibilidades do mundo crypto. A Mynt ajuda você a explorar o melhor do mercado com segurança e diversidade de criptomoedas. Clique aqui para abrir sua conta.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube | Telegram | Tik Tok