The Sandbox quer atrair empresas brasileiras para o metaverso e desembarca oficialmente no país

Anunciada em evento de NFTs realizado em Nova York, parceria entre um dos maiores metaversos da atualidade com a startup brasileira BAYZ pretende trazer vantagens do universo virtual para o país e atrair empresas
A BAYZ fará o intermédio entre The Sandbox e empresas brasileiras (The Sandbox/Coindesk/Reprodução)
A BAYZ fará o intermédio entre The Sandbox e empresas brasileiras (The Sandbox/Coindesk/Reprodução)
Por Mariana Maria Silva e Gabriel RubinsteinnPublicado em 21/06/2022 12:26 | Última atualização em 21/06/2022 12:26Tempo de Leitura: 4 min de leitura

O Brasil não demorou para chamar a atenção do metaverso. O conceito de universo virtual que ganhou o mundo no último ano desembarca de vez no país a partir da parceria entre a startup brasileira BAYZ e The Sandbox, uma das principais plataformas de metaverso da atualidade.

Anunciada nesta terça-feira, 21 na NFT NYC, a chegada de The Sandbox ao Brasil torna a BAYZ sua principal representante. A partir de agora, todas as parcerias e o desenvolvimento da gigante do metaverso serão feitas com o intermédio da startup, que já investia no setor e agora se consolida como uma das protagonistas deste mercado no Brasil.

A intenção é expandir ainda mais a presença do metaverso da tecnologia blockchain das casas brasileiras, atuando como uma porta de entrada para o futuro dos jogos virtuais. Juntos, BAYZ e The Sandbox trarão marcas de entretenimento do Brasil para o metaverso, incluindo música, moda, estilo de vida, cultura, arquitetura, esportes, celebridades, TV e mídia, de acordo com um comunicado das empresas à EXAME.

Conhecido como o metaverso favorito das celebridades, The Sandbox já fechou parcerias com grandes marcas, empresas e artistas, como Warner Music Group, Ubisoft, Gucci, The Walking Dead, Snoop Dogg, Adidas, Deadmau5, Steve Aoki, Richie Hawtin, Os Smurfs, Ursinhos Carinhosos, Atari, ZEPETO, CryptoKitties e muito mais.

É a partir disso que a plataforma descentralizada ajuda a aumentar a demanda por terrenos virtuais e NFTs. Sua criptomoeda nativa, a SAND, sobe aproximadamente 10% nas últimas 24 horas, de acordo com dados do CoinMarketCap.

“O Brasil tem uma cultura de entretenimento rica e vibrante que queremos trazer para o The Sandbox, para conectar mais usuários da América do Sul e Latina”, disse Sebastien Borget, COO e cofundador do The Sandbox. “Temos sucesso como plataforma global ao incorporar culturas individuais e estamos felizes em ter a BAYZ como um forte parceiro local para nos ajudar a incluir à cultura e a diversidade do Brasil no metaverso”, acrescentou Borget.

(Mynt/Divulgação)

Criada em 2021, em pouco tempo a BAYZ se tornou uma das principais empresas de jogos baseados em blockchain no Brasil. Com parcerias com MetaSoccer, Thetan Arena e Genopets, a startup quer moldar o futuro da internet e dos jogos virtuais, construindo comunidades para integrar e engajar jogadores em todo o mundo.

Agora, a startup fará o mesmo para The Sandbox, atuando diretamente nas parcerias da plataforma do metaverso, tanto no contato quanto no desenvolvimento de empreendimentos virtuais. Nobru e Cerol, dois dos streamers mais famosos do setor de games brasileiro também são embaixadores da BAYZ.

“Nosso principal objetivo foi reduzir as barreiras de entrada e ajudar a integrar o maior número de jogadores ao metaverso. O The Sandbox provou ser o principal mundo virtual de jogos descentralizados, tendo integrado muitos jogos, marcas e celebridades. Estamos empolgados em colaborar por meio de nossa parceria para criar experiências novas e divertidas que se expandam para novos públicos”, disse Matt “MobileMatt” Rutledge, cofundador da BAYZ.

Em conjunto com The Sandbox, a BAYZ criará experiências e integrará efetivamente novos jogadores no mercado brasileiro ao metaverso. À EXAME, a empresa revelou que contará com um time dedicado ao The Sandbox, desde pessoas para a gestão de comunidade, comercial, desenvolvedores, etc. A intenção é trazer novos parceiros locais para o jogo.

“Estamos entusiasmados com a parceria que a Sandbox fez no Brasil para expandir seu ecossistema em uma nova região. Como especialistas no mercado, esperamos trabalhar juntos para nos conectar com a comunidade cada vez maior e criar parcerias estratégicas regionais para adicionar à coleção já impressionante do The Sandbox”, disse João Borges, cofundador da BAYZ.

* O repórter da EXAME, Gabriel Rubinsteinn, viajou a Nova York para a NFT NYC a convite da BAYZ.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube | Telegram | Tik Tok