"The Merge" pode fazer Ethereum superar bitcoin e se tornar reserva de valor, diz especialista

Lex Sokolin, economista-chefe de protocolos DeFi da ConsenSys, aposta em adesão dos investidores para proteger o ether
Ether pode virar reserva de valor digital (Jack Taylor/Getty Images)
Ether pode virar reserva de valor digital (Jack Taylor/Getty Images)
C
Cointelegraph Brasil

Publicado em 13/09/2022 às 17:23.

Última atualização em 13/09/2022 às 19:11.

Em contagem regressiva para The Merge, a Ethereum, que deverá deixar o mecanismo de prova de trabalho (PoW) para prova de participação (PoS) oficialmente na próxima quinta-feira, 15, destoava do bitcoin, tanto em relação às altas registradas nos últimos dias quanto à baixa na manhã desta terça-feira, 13, quando os Estados Unidos anunciam os números da inflação na maior economia do planeta. Enquanto o ether apresentava um recuo de 6,2% ao ser negociado por US$ 1.638, o bitcoin operava em queda de 3,8% ao ser negociado por US$ 21,4 mil.

O que se apresenta como sinais pouco otimistas nos últimos gráficos de preço do ether parece não preocupar o economista-chefe de protocolos descentralizados da empresa de softwares e infraestrutura blockchain ConsenSys, Lex Sokolin, que falou em uma possível mudança de caso de uso do ether em entrevista concedida na última segunda-feira à CoinDesk TV.

(Mynt/Divulgação)

Sokolin, que também se concentra em organizações autônomas descentralizadas (DAOs), disse ainda que uma grande quantidade de investidores deve apostar seus tokens no protocolo a fim de proteger o Ether, o que “inevitavelmente” pode transformar a criptomoeda em reserva de valor.

Isso porque, segundo ele, a utilização do ether como garantia em plataforma de finanças descentralizadas (DeFi) sugere que existem muitos apoiadores do ether como reserva de valor e “ativo do tipo dinheiro ultrassônico.”

Além da utilização do ether em protocolos DeFi, o especialista acrescentou o uso do ether como unidade de conta para as propriedades digitais, como os tokens não fungíveis (NFTs), inclusive dentro da Web3, o que Lex Sokolin classificou como “duas funções”, a de “dinheiro sólido” e “reserva de valor.”

O especialista finalizou que a taxa de crescimento do ether deverá superar o crescimento do bitcoin no curto prazo e que ficaria feliz com a ampliação de casos de uso do bitcoin dentro da Web3 para que a principal criptomoeda do mercado seja mais poderosa.

Apesar da empolgação do Google, que está em contagem regressiva, da conclusão bem-sucedida do último shadow fork, e das especulações de possível alta de 1.000% do ether, The Merge também traz incertezas na bagagem, entre elas a possibilidade de tornar a rede mais vulnerável a ataques, segundo alguns especialistas.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube | Telegram | Tik Tok