Future of Money
Acompanhe:

'The Last of Us': golpistas usam estreia da série para enganar fãs na internet

Produção, baseada em um jogo de mesmo nome, retrata um mundo pós-apocalíptico e conta com Pedro Pascal no elenco

Golpistas já criaram diversos esquemas diferentes para enganar fãs de "The Last of Us" (The Last of Us/ HBO/Divulgação)

Golpistas já criaram diversos esquemas diferentes para enganar fãs de "The Last of Us" (The Last of Us/ HBO/Divulgação)

J
João Pedro Malar

Publicado em 16 de janeiro de 2023, 14h38.

Última atualização em 16 de janeiro de 2023, 18h56.

A série "The Last of Us" estrou no último domingo, 15, na HBO e rapidamente se tornou um dos assuntos mais comentados nas redes sociais, seguindo as altas expectativas dos fãs do jogo de mesmo nome lançado para o PlayStation 3 em 2013. Entretanto, golpistas já estão se aproveitando da popularidade da produção para enganar usuários na internet.

De acordo com um levantamento da empresa de segurança digital Kaspersky, golpistas já criaram diversos esquemas diferentes para enganar os interessados na série e no jogo. Um dos principais foi o lançamento para download de uma versão para computador do jogo "The Last of Us Part II".

  • O JEITO FÁCIL E SEGURO DE INVESTIR EM CRYPTO. Na Mynt você negocia em poucos cliques e com a segurança de uma empresa BTG Pactual. Compre as maiores cryptos do mundo em minutos direto pelo app. Clique aqui para abrir sua conta gratuita.

O problema é que, até o momento, o jogo ainda é exclusivo para PlayStation e só ganhará uma versão para computador em março de 2023. O falso jogo disponibilizado conta com um arquivo malicioso que consegue se esconder em computadores por longos períodos de tempo, roubando dados pessoais para serem usados em fraudes.

Outro golpe na internet identificado pela Kaspersky envolve a prática de phishing. Nele, um site foi criado para oferecer um suposto código de ativação para o jogo "The Last of Us". Mas, quando o download com o código é feito, os usuários precisam escolher um "presente", indo desde um novo console de PlayStation até um gift card do jogo Roblox.

Para escolher o presente, é necessário que os usuários insiram algumas credenciais, incluindo dados bancários para pagar uma taxa de comissão. Com isso, o usuário acaba dando seus dados para golpistas, permitindo o roubo de quantias guardadas em bancos.

Olga Svistunova, especialista em segurança na Kaspersky, avalia que "'The Last of Us' será um verdadeiro boom no início de 2023, considerando o tempo que milhões de fãs do game estão esperando pela série. Curiosamente, em vez de oferecer um acesso prévio à série, os cibercriminosos escolheram um caminho diferente e estão distribuindo arquivos maliciosos disfarçados do jogo".

Entre as dicas que ela oferece para evitar esses golpes virtuais está verificar a autenticidade da plataforma que oferece o jogo e usar sistemas de segurança confiáveis. A Kaspersky recomenda ainda evitar links que prometem visualizações antecipadas a filmes ou séries.

É importante, ainda, garantir a autenticidade dos sites acessados, e ficar atento a possíveis erros de escrita na URL desses endereços. Outra dica é observar o tipo de arquivo baixado, já que um vídeo nunca será ".exe" ou ".msi".

"Os gamers, especialmente os novos que ainda não sabem o suficiente sobre cibersegurança, estão entre os principais público-alvo dos cibercriminosos, e eles criarão mais e mais maneiras de explorá-los", observa a analista.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube | Telegram | Tik Tok