Startup brasileira arrecada R$2 milhões com venda de NFTs baseados em jogo

A Lumx Studio, focada em projetos no metaverso, vendeu R$ 2 milhões em NFTs do jogo 55Unity, RPG que se passa em um Rio de Janeiro distópico no ano de 2032
"Nossa visão é criar uma marca como a Marvel, na qual o universo se expande para histórias em quadrinhos", diz a Lumx (Lumx Studio/Reprodução)
"Nossa visão é criar uma marca como a Marvel, na qual o universo se expande para histórias em quadrinhos", diz a Lumx (Lumx Studio/Reprodução)
G
Gabriel MarquesPublicado em 25/03/2022 às 11:46.

A Lumx Studio, estúdio brasileiro focado no metaverso, arrecadou R$ 2 milhões em apenas 24 horas com a venda de 3 mil tokens não fungíveis (NFTs) da sua coleção 55Unity. A coleção, baseada em um jogo RPG, permite que o detentor do NFT tenha poder de voto no futuro do game. Com temática pós-apocalíptica, o jogo se passa na cidade do Rio de Janeiro.

Segundo a empresa, “55Unity é um RPG Social sobre sobreviventes de um apocalipse centrado na natureza no ano de 2032, em que cada aspecto do universo do jogo mudará com base nas ações da comunidade. História, quadrinhos, inimigos, terras, economia, séries animadas e muito mais serão afetados dinamicamente por essas decisões”.

O objetivo, no entanto, é ainda maior: “Nossa visão é criar uma marca como a Marvel, na qual o universo se expande para histórias em quadrinhos, colaborações, merchandising, séries animadas, jogos, produtos físicos e licenciamento de protocolo”, diz o site do projeto. “Não estamos somente construindo outra coleção de fotos de perfil, mas sim uma marca focada no entretenimento e nativa na Web3”, completam.

(Mynt/Divulgação)

O estúdio também planeja a emissão do token $SURVIVE, que será usado para governança dentro do jogo e poderá, eventualmente, ser trocado por NFTs do 55Unity.

Um dos primeiros clientes da Lumx é a marca Reserva, que lançou sua marca para a Web3, a ReservaX. Em entrevista exclusiva à EXAME, o responsável pela empreitada, Pedro Cardoso, contou sobre os NFTs da marca e seus planos para o metaverso.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube | Telegram | Tik Tok