Secretário econômico quer tornar Reino Unido um hub de criptomoedas com nova primeira-ministra

Deputado Richard Fuller afirma que quer tornar o Reino Unido o país preferido de quem busca "criar, inovar e construir no espaço cripto"
Liz Truss é a nova primeira-ministra do Reino Unido (AFP/AFP)
Liz Truss é a nova primeira-ministra do Reino Unido (AFP/AFP)
C
Cointelegraph BrasilPublicado em 09/09/2022 às 10:08.

Richard Fuller, secretário econômico do Tesouro, disse que o governo quer que o Reino Unido seja o “centro global dominante para tecnologias de criptomoedas”.

Em um debate parlamentar sobre a regulamentação de criptoativos no Reino Unido na quarta-feira, Fuller falou a favor de casos de uso “poderosos” para criptomoeda e tecnologia blockchain, incluindo o uso de tecnologia de contabilidade distribuída para alfândega e comércio internacional e armazenamento de registros médicos na blockchain. Alexander Stafford, secretário particular parlamentar da recém-eleita primeira-ministra Liz Truss, acrescentou que a primeira-ministra “reafirmou” seu compromisso de fornecer conectividade à Internet para os residentes do Reino Unido, o que poderia permitir o acesso à compra, venda e mineração de criptomoedas.

“À medida que as tecnologias cripto crescem em importância, o governo do Reino Unido está buscando maneiras de obter vantagem competitiva global para o Reino Unido”, disse Fuller.

(Mynt/Divulgação)

O secretário econômico acrescentou:

“Queremos nos tornar o país de escolha para quem procura criar, inovar e construir no espaço cripto [...] Ao tornar este país um lugar hospitaleiro para tecnologias cripto, podemos atrair investimentos, gerar novos empregos, nos beneficiar de receitas fiscais, criar uma onda de novos produtos e serviços inovadores e unir a posição atual dos serviços financeiros do Reino Unido a uma nova era”.

Fuller disse que, sob Truss, o governo do Reino Unido planeja avançar com o Financial Services and Markets Bill (Lei de Serviços e Mercados Financeiros), legislação introduzida em julho que visa estabelecer uma estrutura regulatória para stablecoins. Além disso, ele sugeriu apoio à Lei de Crimes Econômicos (Transparência e Execução), que concederia à aplicação da lei “novos poderes para apreender e recuperar criptoativos”.

“O Reino Unido pode ser um espectador, pois essa tecnologia transforma aspectos da vida, ou podemos nos tornar o melhor lugar do mundo para iniciar e dimensionar tecnologias de criptomoedas”, disse Fuller. “Queremos que o Reino Unido seja o centro global dominante para tecnologias cripto e, portanto, aproveitaremos os pontos fortes de nosso próspero setor de fintech, criando novos empregos, desenvolvendo novos produtos e serviços inovadores.”

Fuller tornou-se secretário econômico após a renúncia de John Glen e outros altos funcionários do governo do Reino Unido em julho, em resposta a alegações de má conduta no governo do ex-primeiro-ministro Boris Johnson, sacudindo posições com potencial de afetar a política de criptomoedas no país. Na terça-feira, Truss também nomeou Kwasi Kwarteng como chanceler do Tesouro, ou ministro-chefe das Finanças.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube | Telegram | Tik Tok