Future of Money

SBT lança NFTs de Silvio Santos em comemoração aos 40 anos da emissora

Tokens com imagens do apresentador foram emitidos no blockchain Polygon e estão sendo leiloados em plataforma brasileira; lances ainda não têm valores expressivos

Silvio Santos (Thiago Bernardes/Contigo/Reprodução)

Silvio Santos (Thiago Bernardes/Contigo/Reprodução)

GR

Gabriel Rubinsteinn

Publicado em 31 de agosto de 2021 às 10h42.

Última atualização em 31 de agosto de 2021 às 16h39.

Em comemoração aos seus 40 anos de existência, o SBT anunciou o lançamento e a venda de quatro tokens não-fungíveis (NFTs) - espécie de criptoativo que pode conter arquivos de áudio, vídeo ou imagens e que é único e indivisível. É o primeiro canal de televisão do país a entrar no setor, que tem crescido rapidamente e movimentado cifras bilionárias ao redor do mundo.

Serão leiloadas quatro imagens icônicas do apresentador e criador do SBT, Silvio Santos, em algumas das atrações transmitidas pelo canal de televisão, como "Onde tudo começou", de 1981; "De casa nova", de 1996; "Topa Tudo por Dinheiro", de 1992; e Teleton, de 1998.

“A oferta destes NFTs para os fãs do SBT e do Silvio Santos simboliza também um novo momento do SBT no processo de transformação digital da emissora”, afirmou Fernando Pensado, head de Inovação do SBT, em comunicado.

Os tokens foram emitidos no blockchain Polygon, e leilão será realizado com a criptomoeda nativa da rede, o MATIC, no site InspireIP - os interessados podem adquirir a criptomoeda na própria plataforma, com cartão de crédito ou outras criptomoedas com o uso de uma carteira MetaMask - os lances iniciais tinham valor correspondente a 40 reais.

Segundo Caroline Nunes, CEO da InspireIP, a inciiativa do SBT pode ajudar a popularizar os NFTs e o mercado de criptoativos no Brasil. “O leilão de NFT do SBT vai permitir que o conhecimento sobre criptomoeda e Blockchain chegue a toda a população. Teremos netos, pais e avós pesquisando sobre a tecnologia, querendo participar do leilão, dando lances. É muito mais que um simples leilão de NFT. É uma revolução cultural".

Diferente de outros leilões, que emitem diversos tokens da mesma imagem, cada um com um número de série específico, no leilão de Silvio Santos cada imagem terá tiragem única, ou seja, serão de fato apenas quatro NFTs. Segundo o comunicado da emissora, esta decisão foi tomada para "para tornar o objeto mais exclusivo ainda". O texto também ressalta que os ganhadores do leilão não poderão explorar o item comercialmente e revendas do mesmo só poderão ser feitas no mesmo marketplace onde foi adquirido.

O leilão será encerrado no dia 30 de setembro. Até o momento, ainda não despertou o entusiasmo dos investidores. Apenas a imagem referente ao programa "Top Tudo Por Dinheiro" tem lances consideravelmente maiores do que o valor inicial - no momento, está sendo vendida a cerca de 430 reais (60 MATIC). As outras três estão bem próximas do preço mínimo, com "Teleton" a 77 reais (11 MATIC), "Onde Tudo Começou" a 84 reais (12 MATIC) e "De Casa Nova" a 68 reais (9,8 MATIC). Os valores, claro, ainda podem aumentar significativamente e, como em qualquer leilão, a maioria dos lances acontece quando o mesmo está próximo do fim.

Os NFTs tema tingido públicos cada vez maiores ao redor do mundo, movimentando cifras bilionárias em diferentes frentes como games - Axie Infinity é o principal deles, mas existem vários outros que também utilizam a tecnologia; colecionáveis esportivos como Sorare e NBA Top Shot; plataformas de criptoarte como OpenSea, Makersplace e Nifty Gateway, metaversos como Decentraland e Crypto Voxels; entre muitas outras possibilidades.

Recentemente, a Visa anunciou a compra do seu primeiro NFT, por mais de 805 mil reais, e demonstrou enorme interesse pelo setor. A Budweiser e o astro da NBA Stephen Curry também anunciaram suas entradas no mercado cripto pela porta dos NFTs nos últimos dias.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube

Acompanhe tudo sobre:BlockchainCriptomoedasLeilõesSBTSilvio Santos

Mais de Future of Money

Fundos de criptomoedas atingem US$ 17 bilhões e batem novo recorde de investimentos

Tokens das seleções da Argentina e da Espanha caem mais de 20% mesmo com vitórias em torneios

Após atentado contra Trump, bitcoin dispara e registra maior alta em dois meses

Bitcoin ainda pode chegar a US$ 100 mil até o fim de 2024, diz gestora

Mais na Exame