Future of Money

Dono do ChatGPT elogia bitcoin e diz que EUA quer "controlar" criptomoeda

Em entrevista, Sam Altman defendeu uso de uma moeda digital global e "fora do controle de qualquer governo"

Sam Altman é o atual CEO da OpenAI, criadora do ChatGPT (Chona Kasinger/Bloomberg/Getty Images)

Sam Altman é o atual CEO da OpenAI, criadora do ChatGPT (Chona Kasinger/Bloomberg/Getty Images)

João Pedro Malar
João Pedro Malar

Repórter do Future of Money

Publicado em 9 de outubro de 2023 às 14h14.

Última atualização em 9 de outubro de 2023 às 15h29.

Sam Altman, CEO da empresa responsável pelo ChatGPT, elogiou recentemente o bitcoin e destacou o potencial da criptomoeda. O executivo da OpenAI falou sobre o tema durante uma entrevista no podcast do comediante Joe Rogan, em que também criticou a postura dos reguladores dos Estados Unidos.

Ao ser questionado sobre o bitcoin, Altman afirmou que a criptomoeda representa um "avanço de tecnologia significativo". Na visão dele, o projeto seria um passo "na direção para a criação de uma moeda global", que seria uma forma importante para evitar interferências e controles de entidades governamentais.

O dono do ChatGPT disse que está "entusiasmado" com o bitcoin: "a ideia de que teríamos uma moeda global, que estaria fora do controle de qualquer governo, é um passo super lógico e importante". Ao mesmo tempo, Altman deixou em aberto a necessidade do bitcoin cumprir essa função.

Ainda sobre a criptomoeda, Altman aproveitou a entrevista para criticar o que ele chamou de "guerra" do governo dos Estados Unidos contra as criptomoedas. Na visão dele, o país estaria tentando "controlar" o bitcoin e não parece estar disposto a desistir dessa posição.

"Estou desapontado com o que o governo dos Estados Unidos fez recentemente. A guerra contra as criptomoedas, e eu acho que é uma guerra, envolve uma postura de 'não podemos desistir disso, vamos controlar'. Isso me deixa muito triste em relação ao país", declarou Altman.

  • Aproveite todas as possibilidades do mundo crypto. A Mynt ajuda você a explorar o melhor do mercado com segurança e diversidade de criptomoedas. Clique aqui para abrir sua conta.

CBDCs e vigilância

Outro tema abordado pelo CEO da OpenAI foi o surgimento das chamadas moedas digitais de bancos centrais (CBDCs, na sigla em inglês), caso do Drex no Brasil. Apesar da popularidade dessas iniciativas, Altman criticou a ideia e compartilhou sua preocupação sobre o tema.

O executivo afirmou que está "muito preocupado com o quão longe um estado de vigilância pode ir" com o lançamento dessas CBDCs. Na visão de Altman, as moedas digitais poderiam ser usadas para ampliar o controle e vigilância estatais em relação à população.

Por isso, o dono do ChatGPT disse que é "super contra" o avanço e implementação desses projetos. Por outro lado, Altman não foi questionado no podcast sobre as críticas que o seu próprio projeto de criptomoeda, a Worldcoin, sofreu nas semanas após o seu lançamento.

A iniciativa quer criar um sistema de identidade única global a partir do escaneamento da íris de usuários. Em troca, eles recebem um valor em WLD, criptomoeda da iniciativa. Entretanto, o projeto recebeu diversas críticas ao redor do mundo, em especial devido a preocupações sobre privacidade e segurança de dados.

Sobre o assunto, Altman afirmou em ocasiões anteriores que possui apenas um "papel limitado" na iniciativa, atuando como investidor e consultor.

yt thumbnail

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube Telegram | Tik Tok

Acompanhe tudo sobre:BitcoinSam AltmanCriptomoedasChatGPT

Mais de Future of Money

União Europeia vai apoiar projeto que usa blockchain para criar soluções de sustentabilidade

ETFs de Ethereum podem atrair US$ 10 bilhões e levar cripto à máxima histórica, diz analista

Show com Lauryn Hill e Mano Brown no Allianz Parque lança NFTs comemorativos

Governo da Alemanha conclui vendas de bitcoin e soma R$ 15 bilhões arrecadados

Mais na Exame