Robinhood anuncia lançamento de carteira de criptomoedas até 2022

Os usuários da plataforma agora podem se inscrever na lista de espera para o acesso antecipado à carteira de criptomoedas que permitirá transferências dentro e fora da plataforma
A Robinhood começou a oferecer a negociação de criptomoedas em 2018, e o serviço sofreu grande aceleração em sua inserção no mercado nos últimos 12 meses (Bloomberg/Bloomberg)
A Robinhood começou a oferecer a negociação de criptomoedas em 2018, e o serviço sofreu grande aceleração em sua inserção no mercado nos últimos 12 meses (Bloomberg/Bloomberg)
Por CoindeskPublicado em 22/09/2021 13:42 | Última atualização em 22/09/2021 14:06Tempo de Leitura: 3 min de leitura

A Robinhood, uma gigante corretora de ativos dos EUA, anunciou que pretende disponibilizar sua tão aguardada carteira digital de criptoativos para todos os seus clientes até o início de 2022.

Na última segunda-feira, 20, uma série de portais noticiaram que a Robinhood estava testando uma carteira digital para permitir a transferência de criptomoedas para seus clientes, principalmente após uma imagem da possível página da lista de espera ter sido descoberta na versão beta do aplicativo.

A lista de espera para a carteira digital da Robinhood (Robinhood/Reprodução)

Os usuários da Robinhood agora podem se inscrever para a lista de espera a fim de conseguir o acesso antecipado à carteira que está sendo desenvolvida. Os testes terão início no próximo mês, segundo o anúncio  da companhia nesta quarta-feira, 23.

“Nós queremos ter certeza de que nossos sistemas têm escalabilidade e que estamos preparados para lidar com uma carga total”, afirmou Christine Brown, COO da Robinhood.

“Então nós daremos às pessoas da lista de espera o primeiro acesso e depois teremos a disponibilidade geral do serviço 100% completo até o início de 2022”, disse Brown.

Usuários também podem pular posições na lista de espera ao indicar outras pessoas. “Se um usuário indica um amigo que também entra para a lista, ambos irão pular algumas posições, diminuindo a espera pela metade”, explicou Brown.

Além da lista de espera, a Robinhood também abriu um programa “alfa”, no qual um grupo seleto de usuários será convidado para ter acesso interativo à carteira digital, que está em seus estágios finais de desenvolvimento, para assim opinar sobre seus recursos e funcionalidades.

A Robinhood tem sete criptomoedas disponíveis para negociação em sua plataforma, e sua carteira digital oferecerá suporta a todas elas desde o seu lançamento, de acordo com Brown.

“Quando teremos carteiras digitais?”

A Robinhood começou a oferecer a negociação de criptomoedas em 2018, e o serviço sofreu uma grande aceleração em sua inserção no mercado nos últimos 12 meses. Aproximadamente 9,5 milhões de clientes negociaram criptomoedas no primeiro trimestre de 2021, em comparação aos 1,7 milhões no trimestre anterior ao final de 2020.

No último mês, a companhia relatou que a negociação de criptomoedas constituía 41% de sua receita no segundo trimestre de 2021, sendo que mais de 60% de seus clientes negociaram essa classe de ativos em algum momento.

Em meio a essa alta na demanda, a falta de um ambiente que possibilite a transferência de seus criptoativos foi um dos pontos mais críticos para os usuários.

“Se você visitar nossas páginas no Twitter, você pode ver usuários dizendo ‘Eu quero sacar minhas criptomoedas – quando vocês irão lançar carteiras?”, disse Brown.

A Robinhood passou meses tranquilizando seus usuários de que uma expansão das funções de criptoativos, incluindo uma carteira digital para permitir transferências dentro e fora da plataforma, que já estava em desenvolvimento.

Texto traduzido e republicado com autorização da Coindesk

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube