• AALR3 R$ 20,01 -0.30
  • AAPL34 R$ 70,99 3.76
  • ABCB4 R$ 16,93 1.62
  • ABEV3 R$ 14,23 0.14
  • AERI3 R$ 3,76 -0.53
  • AESB3 R$ 10,81 -1.01
  • AGRO3 R$ 31,09 -1.11
  • ALPA4 R$ 22,80 2.84
  • ALSO3 R$ 19,15 1.59
  • ALUP11 R$ 26,48 -0.08
  • AMAR3 R$ 2,52 -2.70
  • AMBP3 R$ 31,84 -1.58
  • AMER3 R$ 21,57 0.33
  • AMZO34 R$ 3,52 4.14
  • ANIM3 R$ 5,51 -0.72
  • ARZZ3 R$ 83,00 2.13
  • ASAI3 R$ 15,78 -1.93
  • AZUL4 R$ 20,92 -0.14
  • B3SA3 R$ 12,68 2.18
  • BBAS3 R$ 37,07 -1.04
  • AALR3 R$ 20,01 -0.30
  • AAPL34 R$ 70,99 3.76
  • ABCB4 R$ 16,93 1.62
  • ABEV3 R$ 14,23 0.14
  • AERI3 R$ 3,76 -0.53
  • AESB3 R$ 10,81 -1.01
  • AGRO3 R$ 31,09 -1.11
  • ALPA4 R$ 22,80 2.84
  • ALSO3 R$ 19,15 1.59
  • ALUP11 R$ 26,48 -0.08
  • AMAR3 R$ 2,52 -2.70
  • AMBP3 R$ 31,84 -1.58
  • AMER3 R$ 21,57 0.33
  • AMZO34 R$ 3,52 4.14
  • ANIM3 R$ 5,51 -0.72
  • ARZZ3 R$ 83,00 2.13
  • ASAI3 R$ 15,78 -1.93
  • AZUL4 R$ 20,92 -0.14
  • B3SA3 R$ 12,68 2.18
  • BBAS3 R$ 37,07 -1.04
Abra sua conta no BTG

Regulador pede proibição da mineração de criptomoedas na União Europeia

Erik Thedéen afirma que os reguladores da UE devem estimular a mineração de prova de participação, modelo que possui um menor consumo energético
Atualmente, as duas principais criptomoedas utilizam o mecanismo de prova de trabalho para validar suas transações (Getty Images/Liliya Filakhtova)
Atualmente, as duas principais criptomoedas utilizam o mecanismo de prova de trabalho para validar suas transações (Getty Images/Liliya Filakhtova)
Por CoindeskPublicado em 19/01/2022 12:19 | Última atualização em 19/01/2022 12:19Tempo de Leitura: 2 min de leitura

A mineração de criptomoedas utilizando o mecanismo de consenso de prova de trabalho (PoW) deve ser proibida na União Europeia, de acordo com o vice-presidente da Autoridade Europeia de Valores Mobiliários e dos Mercados (ESMA).

Em uma entrevista ao Financial Times, Erik Thedéen, vice-presidente da ESMA, afirmou que os reguladores da União Europeia devem estimular a indústria de criptomoedas em direção à mineração de prova de participação (PoS), um mecanismo menos prejudicial no que tange ao consumo energético.

"A solução é proibir a prova de trabalho", disse ele. "A prova de participação tem um perfil de consumo significativamente menor".

O modelo de prova de trabalho (PoW) envolve mineradores usando milhares de computadores potentes para resolver problemas matemáticos complexos, a fim de registrar transações no blockchain e serem recompensados com novas moedas. As duas maiores criptomoedas do mundo - bitcoin e ether - usam esse modelo.

A mineração de prova de participação (PoS) possui um menor consumo energético, pois os usuários ganham o direito de registrar transações com base no tamanho do investimento em staking que eles têm na rede. A rede Ethereum tem planos de migrar para um modelo de prova de participação (PoS) ainda este ano.

Atualmente, a UE não representa uma parcela particularmente significativa da indústria de mineração de prova de trabalho (PoW). No momento, a mineração de bitcoin é dominada pelos EUA (participação de 35,4%), Cazaquistão (18,1%) e Rússia (11,23%), de acordo com o Cambridge Centre for Alternative Finance.

No entanto, com a proibição da mineração no último ano pela China, que era quem dominava o mercado anteriormente, preocupações podem surgir entre os administradores da UE, no sentido de repensar a sua participação, anteriormente pequena, na indústria de mineração, que deve crescer naturalmente à medida que os mineradores procuram novas casas.

Texto traduzido por Mariana Maria Silva e republicado com autorização da Coindesk

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube | Telegram | Tik Tok

Veja Também

TCU e BNDES anunciam cerimônia de lançamento da Rede Blockchain Brasil
Future of Money
Há 14 horas • 2 min de leitura

TCU e BNDES anunciam cerimônia de lançamento da Rede Blockchain Brasil