• AALR3 R$ 20,07 -0.64
  • AAPL34 R$ 68,92 3.20
  • ABCB4 R$ 16,74 0.30
  • ABEV3 R$ 14,10 0.57
  • AERI3 R$ 3,85 5.77
  • AESB3 R$ 10,95 2.34
  • AGRO3 R$ 30,96 0.72
  • ALPA4 R$ 20,80 1.66
  • ALSO3 R$ 19,47 2.42
  • ALUP11 R$ 27,24 1.64
  • AMAR3 R$ 2,48 2.90
  • AMBP3 R$ 31,15 3.66
  • AMER3 R$ 24,11 2.73
  • AMZO34 R$ 66,30 -0.51
  • ANIM3 R$ 5,55 1.83
  • ARZZ3 R$ 79,40 -2.41
  • ASAI3 R$ 16,00 0.25
  • AZUL4 R$ 21,94 3.98
  • B3SA3 R$ 12,15 0.91
  • BBAS3 R$ 38,56 4.22
  • AALR3 R$ 20,07 -0.64
  • AAPL34 R$ 68,92 3.20
  • ABCB4 R$ 16,74 0.30
  • ABEV3 R$ 14,10 0.57
  • AERI3 R$ 3,85 5.77
  • AESB3 R$ 10,95 2.34
  • AGRO3 R$ 30,96 0.72
  • ALPA4 R$ 20,80 1.66
  • ALSO3 R$ 19,47 2.42
  • ALUP11 R$ 27,24 1.64
  • AMAR3 R$ 2,48 2.90
  • AMBP3 R$ 31,15 3.66
  • AMER3 R$ 24,11 2.73
  • AMZO34 R$ 66,30 -0.51
  • ANIM3 R$ 5,55 1.83
  • ARZZ3 R$ 79,40 -2.41
  • ASAI3 R$ 16,00 0.25
  • AZUL4 R$ 21,94 3.98
  • B3SA3 R$ 12,15 0.91
  • BBAS3 R$ 38,56 4.22
Abra sua conta no BTG

Quarto futurista e NFTs: empresa brasileira constrói prédio no metaverso

Startup de aluguel de imóveis por assinatura quer mostrar como seria viver no futuro a partir de quarto futurista, NFTs e um prédio em um dos maiores metaversos da atualidade
Prédio da Housi em Decentraland (Divulgação/Housi)
Prédio da Housi em Decentraland (Divulgação/Housi)
Por Mariana Maria SilvaPublicado em 11/05/2022 12:53 | Última atualização em 11/05/2022 12:53Tempo de Leitura: 4 min de leitura

Pioneira em moradia por assinatura, a Housi está expandindo seus horizontes e vai chegar ao metaverso. Com um prédio em Decentraland, NFTs e um quarto futurista, a empresa pretende replicar no mundo virtual a experiência que já oferece em suas flagships.

Em 2019, a startup brasileira foi responsável por inovar no setor imobiliário ao oferecer serviços de moradia flexível e sem burocracias por meio de um aplicativo. De forma online, o aluguel de um imóvel pode ser feito em menos de um minuto, segundo a empresa. Além disso, uma série de serviços são oferecidos dentro dos próprios empreendimentos por meio de parcerias.

Agora, a Housi quer mergulhar ainda mais no universo digital, e vai levar seus clientes para o metaverso. Por meio de experiências imersivas e eventos, a startup quer mostrar como as moradias do futuro podem ser e, para isso, contará com a ajuda de um dos principais metaversos da atualidade: Decentraland.

A plataforma ganhou destaque no último ano e já conta com a presença de grandes nomes, como o banco JPMorgan, Samsung e Dolce & Gabbana, além de ter sediado o 1º Fashion Week do metaverso. Um terreno na área nobre do metaverso chegou a custar US$ 2,4 milhões.

(Mynt/Divulgação)

Em parceria com a empresa MetaMundi, a Housi já tem o seu próprio empreendimento no metaverso. Trata-se de um prédio de três andares que irá replicar as experiências oferecidas pela empresa no mundo real.

Começando pelo térreo, os visitantes encontrarão obras produzidas em parceria com o artista Beto Gatti. De acordo com a empresa, NFTs das obras vão estar disponíveis para a compra e darão acesso a benefícios exclusivos no futuro, como encontros com influenciadores, jantares com celebridades e acesso a festas VIPs nas unidades Housi.

No lobby, estão concentrados todos os serviços oferecidos: lavanderia, academia, mercado, adega de vinhos, área Pet, farmácia e café 24 horas.

Já no terceiro andar, os usuários terão acesso a áreas de coworking e um rooftop com direito a festas na piscina e drinks. Será no rooftop onde ocorrerão a maioria dos eventos da Housi no metaverso, ocasiões em que a empresa busca refletir seu estilo de vida e para isso contará com um calendário robusto.

Omo, Rappi e Magazine Luiza estão entre algumas das empresas que participarão dos eventos, que pretendem trazer a comunidade Housi para o metaverso a partir de happy hours, caças ao tesouro, palestras, entre outros.

Todos os eventos serão realizados de forma simultânea, tanto no prédio virtual quanto na unidade física da empresa na Rua Bela Cintra, 1425, em São Paulo. “Com o metaverso poderemos atender nossos clientes em qualquer lugar. Imagina estar em uma Housi de outro estado participando de um evento no metaverso, e o melhor, em tempo real”, comentou Alexandre Frankel, CEO da Housi.

Além dos eventos, a unidade da Housi na Bela Cintra contará com um apartamento totalmente tecnológico, para mostrar aos visitantes como será viver no futuro. A “Housi do futuro”, como chama a empresa, será revestida de telas de LED que irão “teletransportar” o visitante para o metaverso em Decentraland.

A partir de 18 de maio, cada pessoa que visitar a unidade poderá criar o seu próprio avatar e conhecer o prédio virtual. “Queremos continuar com o nosso propósito de conectar pessoas com experiências inovadoras e agora faremos isso também na Web 3.0”, afirmou o CEO da Housi, citando a nova fase da internet, que ficou conhecida como Web 3.0 e integra experiências, aplicativos e usuários em plataformas baseadas na tecnologia blockchain.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube | Telegram | Tik Tok

Veja Também

Golpes com criptomoedas e NFTs: como evitar ser a próxima vítima
Future of Money
Há 8 horas • 1 min de leitura

Golpes com criptomoedas e NFTs: como evitar ser a próxima vítima

Conta de artista famoso é invadida e hackers roubam R$ 2,1 mi em NFTs
Future of Money
Há 9 horas • 2 min de leitura

Conta de artista famoso é invadida e hackers roubam R$ 2,1 mi em NFTs

Mercado de NFTs em queda: é o fim?
Future of Money
Há 11 horas • 1 min de leitura

Mercado de NFTs em queda: é o fim?

Clube dos investidores entediados: NFTs entram no olho do furacão
Future of Money
Há 11 horas • 4 min de leitura

Clube dos investidores entediados: NFTs entram no olho do furacão