Plataforma famosa de edição de imagens lança metaverso com museu de NFTs

Pixlr anuncia lançamento de metaverso com museu de arte digital em blockchain e venda de NFTs de obras de arte

O Pixlr, uma das principais plataformas de design e edição de imagens do mundo, anunciou nesta semana a criação do Pixlr Genesis, projeto em blockchain para criação de um museu de NFTs de arte digital no metaverso.

Além da exibição das obras de arte, o Pixlr Genesis atuará em outras frentes, "buscando criar um ecosstema completo para definir novos limites para a arte e propriedade intelectual", como explicou a empresa, em comunicado. A plataforma também vai permitir, por exemplo, a negociação dos tokens não-fungíveis com desenhos, fotos e outras artes visuais.

A PIXRL Gallery é a parte que diz respeito ao museu, e será pretende exibir milhares de NFTs de arte digital. Algumas das obras serão escolhidas e emitidas por próprios artistas e pessoas que quiserem participar do projeto, através do que a empresa chama de "passes".

Ao adquirir um dos 10.000 "passes" disponíveis, os usuários poderão escolher uma obra de arte que será tokenizada e exibida no museu, terão acesso a experiências e promoções, receberão NFTs exclusivos, ganharão acesso a ferramentas para criação de NFTs, serão espécies de "curadores" do museu, entre outros benefícios - o próprio "passe", aliás, também será um NFT.

"Construa o proeminente museu de arte 100% descentralizado que pretende rivalizar com o Louvre, o MoMA e a National Gallery. O Pixlr Genesis é o metaverso mundial baseado em arte" diz o texto de divulgação do projeto.

Os NFTs exibidos na galeria poderão ser negociados normalmente no mercado secundário e gerarão, com o uso de contratos inteligentes, o pagamento de royalties para o museu a cada negociação. O valor será reinvestido na aquisição de outras obras de arte e desenvolvimento de novas plataformas - os compradores dos "passes" terão direito a voto para definir como utilizar o valor.

"O Pixlr sempre esteve na vanguarda da expressão criativa e o espaço NFT é uma possibilidade empolgante para os artistas alcançarem novos públicos e mostrarem seus trabalhos", disse Ola Sevandersson, fundador e CEO do Pixlr, à EXAME.

Os primeiros 2.000 "passes" serão colocados à venda no dia 15 de novembro, por 0,3 ETH (cerca de 1.400 dólares, ou 8.000 reais na cotação atual). Os demais serão vendidos nos próximos anos, sempre de 2.000 em 2.000, com preços a definir, até o limite de 10.000 "passes", que será atingido em 2025.

Plataformas que pretendem levar NFTs de obras de arte para o metaverso estão se tornando comuns entre grandes players do setor. Na semana passada, a famosa casa de leilões Sotheby's anunciou a criação da sua, com o objetivo de realizar leilões de obras de arte digitais no metaverso.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também