Future of Money

Otimismo retorna para o mercado cripto após aprovação de marco regulatório no Brasil

Marco regulatório cripto será encaminhado para sanção presidencial e anima investidores em todo o mundo; bitcoin, ether e outras criptomoedas apresentam altas

M

Mariana Maria Silva

30 de novembro de 2022, 14h59

Nesta quarta-feira, 30, o mercado de criptomoedas sinaliza recuperação após boas notícias sobre o cenário regulatório brasileiro alimentarem o otimismo de investidores em todo o mundo. Com capitalização de US$ 883 bilhões, as criptomoedas seguem com volume de negociação baixo, em US$ 53 bilhões no momento segundo dados do CoinGecko.

Acesse o melhor conteúdo do seu dia, talvez o único que você precise.

Com uma conta gratuita.

Faça parte

No entanto, bitcoin, ether e outras criptos voltam a apresentar altas após o colapso da FTX, então segunda maior corretora de criptomoedas que foi a falência em menos de uma semana durante o mês de novembro.

Continua após a publicidade

O bitcoin é cotado a US$ 16.781, com alta de 2,62% nas últimas 24 horas de acordo com dados do CoinMarketCap. A principal criptomoeda está prestes a encerrar seu terceiro ano no vermelho desde a sua criação, mas acumula ganhos de 2,84% na semana.

Veja também

O ether, criptomoeda nativa da rede Ethereum, é cotado a US$ 1.265 e apresenta altas mais significativas que sua predecessora. Subindo 4,79% nas últimas 24 horas, o ether acumula ganhos de 9,68% na semana, segundo dados do CoinMarketCap.

Especialistas em criptomoedas já especulam que haverá um momento de força e resiliência do ether frente ao inverno cripto neste final de ano, o que pode não acontecer com o bitcoin, que pode cair até US$ 10 mil.

Diante de um cenário de poucas notícias negativas sobre a FTX, que caminha em seu processo de recuperação judicial e a aprovação do Marco Regulatório das Criptomoedas no Brasil, investidores podem ter tido seu otimismo impulsionado.

O Índice de Medo e Ganância, que serve para medir o sentimento do mercado cripto, sobe três pontos e sinaliza “medo” em 29 pontos após um longo período de “medo extremo” em 2022.

Agora em aguardo de sanção presidencial, o projeto de lei 4401/2021 pode ser o primeiro do gênero a regulamentar o mercado de criptomoedas no Brasil. Após sete anos de espera, a nova lei pretende trazer benefícios para empresas e investidores em atuação no país.

Além de bitcoin e ether, outras criptomoedas também apresentam alta nesta quarta-feira, 30. É o caso da Polygon (MATIC), que sobe 5,41%, enquanto a Uniswap (UNI) dispara 5,25% com o anúncio da integração de NFTs em sua rede blockchain.

Cansou de tentar falar com alguém da sua Exchange? Conheça a Mynt, a única no Brasil com atendimento 24 horas e todos os dias, feito por pessoas reais. Abra agora sua conta.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube | Telegram | Tik Tok

Continua após a publicidade

Últimas notícias

ver mais

Continua após a publicidade

Brands

ver mais

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

leia mais