Future of Money

Nubank anuncia parceria para incorporar tecnologia blockchain em aplicativo

Banco digital pretende integrar rede Lightning, ligado ao Bitcoin, em serviços e funcionalidades para seus usuários

Nubank tem expandido iniciativas com criptomoedas (Nubank/Divulgação)

Nubank tem expandido iniciativas com criptomoedas (Nubank/Divulgação)

João Pedro Malar
João Pedro Malar

Repórter do Future of Money

Publicado em 26 de junho de 2024 às 12h00.

O Nubank anunciou na última terça-feira, 25, uma parceria com a Lightspark, empresa que fornece uma integração com a Lightning Network, rede de segunda camada do blockchain do bitcoin. O objetivo do banco digital é incorporar a rede em seu aplicativo, com novas funcionalidades e serviços.

Em um comunicado sobre a parceria, o Nubank explicou que os times de engenharia das duas empresas vão iniciar um processo de integração e análise de possíveis aplicações da tecnologia blockchain no sistema do banco digital, buscando explorar possíveis mudanças no aplicativo Nu.

"Qualquer nova experiência e usabilidade no aplicativo Nu serão detalhadas oportunamente", destacou a empresa. A parceria também dará ao banco acesso a um conjunto de ferramenta de desenvolvimento de aplicações, assim como ferramentas de inteligência artificial.

Thomaz Fortes, diretor executivo do Nubank Cripto, destacou que "a parceria com a Lightspark, que desenvolveu uma excelente solução técnica para a Bitcoin Lightning Network, é mais um passo dentro do propósito do Nubank de oferecer as melhores soluções para nossos clientes e reforçar nosso relacionamento de longo prazo com todos eles".

"A futura integração da Lightning endossa a constante missão do Nu em oferecer serviços mais eficientes, com maior velocidade e menor custo por meio da tecnologia blockchain", afirma.

  • Uma nova era da economia digital está acontecendo bem diante dos seus olhos. Não perca tempo nem fique para trás: abra sua conta na Mynt e invista com o apoio de especialistas e com curadoria dos melhores criptoativos para você investir.  

Já David Marcus, CEO e cofundador da Lightspark, avalia que "possibilitar aos mais de 100 milhões de clientes do Nubank o acesso a soluções que tornem as suas vidas financeiras mais simples e eficientes por meio da Lightning é algo único e que nos deixa extremamente orgulhosos".

Nubank e cripto

A parceria faz parte de um movimento do banco digital de aprofundar projetos na área de blockchain e criptoativos. Em maio deste ano, o CEO global do Nubank, David Vélez, afirmou que a empresa "credita muito" no potencial do bitcoin e pretende ampliar sua estratégia e projetos para o mercado de criptomoedas em 2024".

Vélez revelou que, nos últimos 12 meses, o banco observou um crescimento na sua fatia de clientes que passaram a investir em criptomoedas.

Os dados apresentados pelo executivo apontam que, entre março de 2022 e março de 2023, o banco digital teve um crescimento de mais de 1.500% no número de clientes que investem em criptomoedas, chegando ao patamar de 2 milhões de investidores.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube Telegram | TikTok

Acompanhe tudo sobre:NubankBlockchainBitcoin

Mais de Future of Money

CEO da BlackRock reconhece erro sobre bitcoin e vê ativo como "ouro digital"

"Fator Trump" cria volatilidade, mas pode fazer bitcoin disparar, diz gestora

Fundos de criptomoedas atingem US$ 17 bilhões e batem novo recorde de investimentos

Tokens das seleções da Argentina e da Espanha caem mais de 20% mesmo com vitórias em torneios

Mais na Exame