Future of Money

Novo programa educacional da Petrobras sobre blockchain tem experiências no metaverso e NFTs

Em parceria com a Cardano, Petrobras terá programa educacional inédito com o objetivo de expandir o entendimento e a adoção das tecnologias de blockchain

Cointelegraph
Cointelegraph

Agência de notícias

Publicado em 21 de dezembro de 2023 às 11h50.

Última atualização em 21 de dezembro de 2023 às 11h56.

A Fundação Cardano revelou nesta quarta, 20, que fechou uma parceria com a Petrobras. Por meio da parceria, o programa de educação em blockchain da Cardano estará disponível para a empresa brasileira pela primeira vez, marcando uma parceria inédita com o objetivo de expandir o entendimento e a adoção das tecnologias de blockchain.

Em colaboração com a Petrobras, a Fundação Cardano vai liderar workshops de educação em blockchain para os funcionários da empresa, com o conteúdo da Cardano Academy sendo entregue via Petrobras University.

  • Uma nova era da economia digital está acontecendo bem diante dos seus olhos. Não perca tempo nem fique para trás: abra sua conta na Mynt e invista com o apoio de especialistas e com curadoria dos melhores criptoativos para você investir.

Os participantes discutirão o potencial do blockchain, aprenderão sobre os diversos casos de uso e aplicações da tecnologia, além de completarem questionários interativos sobre tópicos relacionados. Como parte do lançamento do programa, a Fundação Cardano realizou dois workshops no metaverso, um dos quais explorou questões regulatórias em escala global e no contexto brasileiro.

O conteúdo da academia será adaptado pela Petrobras para uso em seus programas de treinamento de funcionários, acessíveis aos mais de 40.000 colaboradores da empresa; os funcionários também receberão um certificado de sua formação em blockchain ao concluir o curso.

Os primeiros 500 participantes da Petrobras na Cardano Academy também receberão um NFT que evoluirá com o progresso dos participantes no treinamento para rastrear e destacar suas conquistas.

A Fundação Cardano informou ao Cointelegraph que espera que sua parceria com a Petrobras marque o início de muitas novas iniciativas para aprimorar o entendimento do blockchain por meio da educação dos funcionários e, em última análise, impulsionar a exploração de novos casos de uso para a tecnologia no setor de energia.

"O empoderamento por meio da educação é uma parte central de nossa missão na Fundação Cardano. Esse objetivo inclui trabalhar com todas as partes interessadas da sociedade para alcançar a alfabetização em blockchain, desde indivíduos até empresas", disse o CEO da Fundação Cardano, Frederik Gregaard.

Petrobras e blockchain

Esta não é a primeira vez que a companhia de exploração de petróleo do Brasil se envolve com a tecnologia cripto. No ano passado a empresa anunciou o uso de uma solução em blockchain desenvolvida pelo Banco do Brasil, para realizar pagamentos.

A iniciativa faz parte do SBP (Sistema Brasileiro de Poderes) que é uma solução que usa blockchain para definir, junto aos clientes corporativos, quem pode movimentar o dinheiro da empresa. O projeto tem sido explorada com diversos clientes, entre eles a Petrobras, que identificou, entre outros, uma economia no tempo dos processos envolvendo estas transações.

“Na Petrobras, por exemplo, esse processo levava oito dias úteis. Criamos uma rede de blockchain para eles e esse prazo caiu para três horas”, disse na época o gerente de Soluções da Diretoria de Tecnologia do Banco do Brasil Bruno Barbosa Schmidt.

Schimidt, também destacou que o uso da tecnologia blockchain traz valor para os clientes da instituição, permitindo transferências e pagamentos 24x7, automatizando a reduzindo o tempo de atendimento e ganhando eficiência operacional.

O Banco do Brasil em parceria com a Caixa Econômica Federal, Sicoob, Banrisul e Santander desenvolveram uma solução conjunta, baseada em blockchain, o SFD, Sistema Financeiro Digital, para que clientes destas instituições possam fazer transferências de recursos entre si, 24 horas por dia, incluindo fins de semana, com dinheiro caindo na conta em questão de minutos, agilizando os processos de TED.

"Há muita expectativa sobre o que pode ser gerado e poucos desenvolvimentos, mas realizamos provas de conceito e aprendemos muito com esses experimentos”, disse Schmidt.

Uma nova era da economia digital está acontecendo bem diante dos seus olhos. Não perca tempo nem fique para trás: abra sua conta na Mynt e invista com o apoio de especialistas e com curadoria dos melhores criptoativos para você investir.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube Telegram | Tik Tok  

Acompanhe tudo sobre:NFTsBlockchainMetaversoPetrobrasCriptoativosCriptomoedas

Mais de Future of Money

Com possível vitória de Trump, cenário de cripto “é positivo” e bitcoin pode ter alta significativa

Ethereum pode superar o bitcoin após lançamento de ETFs, diz gestora

Adoção de apps de criptomoedas cresce 196% em 2024 e Brasil lidera em uso, aponta estudo

Stablecoins representam o maior volume de lavagem de dinheiro com criptoativos, aponta pesquisa

Mais na Exame