Nigéria lança moeda digital eNaira e é o 1º país africano a ter sua CBDC

A eNaira já conta com dois aplicativos disponíveis para download e foi desenvolvida pela Bitt, fintech que também está por trás da moeda digital emitida pelo Banco Central do Caribe Oriental
Aproximadamente 500 milhões de unidades de eNaira já foram emitidas (Banco Central da Nigéria/Divulgação)
Aproximadamente 500 milhões de unidades de eNaira já foram emitidas (Banco Central da Nigéria/Divulgação)
Por CoindeskPublicado em 25/10/2021 15:17 | Última atualização em 26/10/2021 10:15Tempo de Leitura: 2 min de leitura

Apelidada de eNaira, a moeda digital emitida pelo banco central da Nigéria, foi lançada nesta segunda-feira, 25, após um pronunciamento do presidente Muhammadu Buhari. Segundo o governo, a eNaira não foi concebida para substituir a atual moeda física da Nigéria, mas sim complementá-la, oferecendo uma experiência de uso ainda mais completa para seus usuários.

A eNaira foi desenvolvida pela Bitt, fintech cujo sistema de gestão de moedas digitais (DCMS) também está por trás da CBDC do Banco Central do Caribe Oriental.

Dois aplicativos para utilizar a CBDC – o eNaira Speed Wallet e eNaira Speed Merchant Wallet – estão disponíveis para download nas lojas de aplicativos do Google e da Apple. Eles serão as carteiras digitais oficiais para consumidores e lojistas que utilizarem a eNaira.

eNaira Speed Wallet (Banco Central da Nigéria/Divulgação)

A CBDC teve seu lançamento inicialmente programado para primeiro de outubro, mas acabou sendo postergado por conta do 61º aniversário da independência do país na mesma data.

Aproximadamente 500 milhões de unidades de eNaira (6,7 milhões de reais) já foram emitidas, afirmou Godwin Emefiele, o presidente do Banco Central da Nigéria, em seu lançamento oficial.

O governo e o Banco Central da Nigéria rejeitaram a ascensão das criptomoedas no país, banindo as transações do gênero dentro do setor bancário em fevereiro deste ano. Quatro meses depois, os planos de lançar a eNaira foram divulgados.

Texto traduzido por Mariana Maria Silva e republicado com autorização da Coindesk

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube