McDonald's solicita marcas registradas para restaurantes no metaverso

O gigante do fast-food está entrando para o metaverso e já quer se garantir com marcas registradas da empresa no mundo virtual, onde irá instalar seus restaurantes
Aprovação pode demorar alguns meses (McDonald’s/Divulgação)
Aprovação pode demorar alguns meses (McDonald’s/Divulgação)
C
Cointelegraph Brasil

Publicado em 10/02/2022 às 13:51.

Última atualização em 10/02/2022 às 14:29.

A icônica rede de restaurantes americana McDonald's parece estar se preparando para entrar no metaverso registrando dez marcas no espaço virtual.

Josh Gerben, advogado de marcas registradas e fundador da Gerben Intellectual Property, publicou na quarta-feira, 9, que o McDonald's apresentou um pedido de marca registrada, incluindo planos para "um restaurante virtual com produtos reais e virtuais" e "operar um restaurante virtual com entrega em domicílio".

Com base no aplicativo, a rede de restaurantes poderá fornecer “arquivos multimídia para download” para obras de arte, arquivos de áudio e vídeo e tokens não fungíveis (NFTs).

O McDonald's também incluiu sua marca McCafe no pedido de marca registrada do metaverso. A marca estaria pronta para oferecer serviços de entretenimento, ou seja, fornecer "shows online reais e virtuais e outros eventos virtuais”. Poderia o McCafe se tornar o novo destino virtual da marca para assistir a um show patrocinado de um de seus artistas favoritos?

O McDonald's estaria competindo com outros organizadores de shows virtuais que andam se destacando, como o Animal Concerts. Esses shows eliminam as barreiras geográficas que impedem os fãs de ver seus artistas favoritos se apresentarem e também reduzem muito o custo das turnês.

A Arcos Dorados se une à rede de padarias e cafés Panera Bread em um esforço para mover sua marca para o metaverso. A Panera Bread apresentou um pedido de marca semelhante em 3 de fevereiro para uma rede virtual de restaurantes e cafés chamada Paneraverse.

Seus planos também incluem conteúdo para download, NFTs, alimentos e bebidas virtuais e instalações virtuais onde os usuários podem se reunir.

Gerben disse à Forbes na quarta-feira: “Acho que você verá todas as marcas que você pode pensar fazerem esses registros nos próximos 12 meses”, acrescentando:

“Não acho que alguém que queira ser o próximo grande sucesso iria simplesmente ignorar completamente uma nova tecnologia que está por vir.”

O tempo médio para o Escritório de Patentes e Marcas Registradas dos Estados Unidos analisar um pedido de marca registrada é de cerca de nove meses e meio, mas Gerben acredita que nem o McDonald's nem o Panera Bread terão problemas para obter a aprovação de suas marcas.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube | Telegram | Tik Tok