Future of Money

Maior museu de arte contemporânea da Europa anuncia exibição de NFTs

Nova exposição voltada para a interseção de arte e blockchain contará com item da coleção CryptoPunk #110, do Yuga Labs

NFTs são ativos digitais que representam objetos do mundo real (Getty Images/Reprodução)

NFTs são ativos digitais que representam objetos do mundo real (Getty Images/Reprodução)

Cointelegraph Brasil

Cointelegraph Brasil

Publicado em 13 de fevereiro de 2023 às 13h30.

O principal museu de arte contemporânea de Paris, o Centre Pompidou, anunciou na última sexta-feira, 10, uma futura exposição permanente voltada para a interseção entre arte e a tecnologia blockchain representada por tokens não-fungíveis (NFTs, na sigla em inglês) .

De acordo com o anúncio, o museu apresentará os trabalhos de mais de 16 artistas digitais de todo o mundo, incluindo colecionáveis ​​populares, como CryptoPunk #110 e Autoglyph #25 , ambos doados ao Centre Pompidou. No Twitter, a instituição informou que "fez a aquisição de um conjunto de obras símbolo das relações entre blockchain e criação artística".

Xavier Rey, diretor do Museu Nacional de Arte Moderna da França, observou que o Centre Pompidou está “perseguindo seu interesse pela arte digital, em conexão com o blockchain”. De acordo com Rey, "a Web3 é um território inovador que os artistas já apoderaram para criar trabalhos originais e ousados, e esta coleção reafirma o nosso apoio aos artistas na conquista de novos meios de expressão, que são a base da arte moderna".

A exposição - programada para começar na primavera da Europa, entre março e junho - marca a primeira exibição da NFTs no renomado Centre Pompidou, lar de obras-primas de outros artistas como Vassily Kandinsky, Frida Kahlo e Henri Matisse.

O Yuga Labs, empresa criadora de coleções famosas de NFTs e que detém a propriedade intelectual dos CryptoPunks desde março de 2022, disse que a iniciativa faz parte de um projeto institucional que doa Punks para as principais instituições de arte em todo o mundo. A empresa já doou o CryptoPunk #305 ao Instituto de Arte Contemporânea de Miami, nos Estados Unidos.

“Ver o CryptoPunk #110 exibido no Centre Pompidou, indiscutivelmente o museu de arte contemporânea de maior prestígio do mundo, é um grande momento para o ecossistema Web3 e de NFTs, e estamos honrados em ajudar a conduzir essa conversa cultural”, comentou o cofundador do Yuga Labs Greg Solano.

Os NFTs são ativos digitais que representam objetos do mundo real, como arte, música, itens de jogos e vídeos. Com base na tecnologia de contabilidade distribuída, esses tokens não-fungíveis podem servir como um método de autenticação para compradores de itens exclusivos, comprovando aspectos como a propriedade de um determinado objeto.

Para você que adora ler notícias de crypto, a Mynt é o aplicativo ideal para você. Invista e aprenda sobre crypto ao mesmo tempo com conteúdos descomplicados para todos os públicos. Clique aqui para abrir sua conta.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube | Telegram | TikTok

Acompanhe tudo sobre:CriptoativosEuropaNFTs

Mais de Future of Money

Bitcoin ou ether: o que comprar após forte queda das criptomoedas?

Empresa brasileira usa tokenização para permitir investimentos em hits do piseiro

União Europeia vai apoiar projeto que usa blockchain para criar soluções de sustentabilidade

ETFs de Ethereum podem atrair US$ 10 bilhões e levar cripto à máxima histórica, diz analista

Mais na Exame