Acompanhe:

Investidores seguem cautelosos com o Fed, mas o bitcoin recupera perdas e volta para US$ 23 mil

Cautela com as próximas decisões do banco central americano faz criptomoedas recuarem, mas mercado demonstra resiliência com a maior criptomoeda do mundo

Modo escuro

Bitcoin recupera perdas e retorna para US$ 23 mil (Bruno Faiotto/Exame)

Bitcoin recupera perdas e retorna para US$ 23 mil (Bruno Faiotto/Exame)

M
Mariana Maria Silva

Publicado em 6 de fevereiro de 2023, 13h28.

Última atualização em 6 de fevereiro de 2023, 13h39.

O mercado de criptomoedas sinaliza nesta segunda-feira, 6, uma recuperação das perdas do final de semana. Nos últimos dias, o bitcoin chegou a perder o patamar de US$ 23 mil, que recupera neste início de semana.

Movimentando US$ 66,5 bilhões, as criptomoedas possuem capitalização de US$ 1,1 trilhão no momento, de acordo com dados do CoinGecko, e sinalizam recuperação.

O bitcoin é cotado a US$ 23.060 após ter caído para US$ 22 mil entre o final de semana e o início desta segunda-feira, 6. Com queda de apenas 0,26% nas últimas 24 horas, a principal criptomoeda ainda acumula ganhos de 38,72% desde o início de 2023, quando o otimismo sinalizou que está retornando aos poucos para o mercado após o que ficou conhecido como “inverno cripto” em 2022.

Chamada de “segunda de sustentação” pela equipe de research do Mercado Bitcoin, o momento para o bitcoin pode ser de lateralização nos próximos dias para uma posterior definição mais clara de movimento.

Nos mercados tradicionais, o cenário para o início da segunda-feira também foi de recuo. “O S&P500 está caindo 0,54% e reflete o sentimento deixado pelo último payroll, que veio bem acima do esperado e sinaliza mais pressão em cima do Fed. O movimento de recuperação do dólar no mundo também pressiona o bitcoin, com o DXY subindo 0,49%”, pontuou Lucas Costa, analista técnico do BTG Pactual e especialista em blockchain pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF).

As decisões do Federal Reserve, banco central americano, demonstraram ter bastante impacto no desempenho de ativos de risco no último ano, como as criptomoedas. Por isso, apesar das altas de janeiro, investidores seguem cautelosos. O Índice de Medo e Ganância caiu de 61 para 56 pontos nesta segunda-feira, 6, ainda sinalizando “ganância”, o que pode ser interpretado como um sentimento de otimismo.

“Na parte técnica, o movimento do bitcoin ainda é de alta, mas perdeu força. A média móvel de 21 e 50 períodos podem atuar como suportes em um cenário de correção nos próximos dias”, acrescentou Lucas Costa.

O próximo evento que chama a atenção de investidores é o discurso do presidente do Fed, Jerome Powell. Agendado para a tarde da próxima terça-feira, 7, o evento fez com que a cautela tomasse conta do mercado, explicando o recuo dos últimos dias.

O ether, criptomoeda nativa da rede Ethereum, é cotado a US$ 1.647 no momento. Com queda de apenas 0,19% nas últimas 24 horas, a segunda maior cripto do mundo também acumula alta de 37% no início de 2023.

A melhor experiência e atendimento em português. Ninguém merece consultar o tradutor online enquanto tem problemas com o suporte, por isso, a Mynt tem atendimento humanizado 24 horas e em português. Abra sua conta e tenha uma experiência única ao investir em cripto.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube | Telegram | Tik Tok