Future of Money
Acompanhe:

Investidores relatam perdas de até R$ 250 mil após anúncio de colapso da FTX

Mercado opera em forte queda refletindo falta de confiança sobre a liquidez de corretoras de criptoativos

 (Bloomberg/Getty Images)

(Bloomberg/Getty Images)

J
João Pedro Malar

8 de novembro de 2022, 18h41

Investidores do mercado cripto reagiram com desespero, críticas e, em alguns casos, bom humor em meio à queda de preço dos criptoativos nesta terça-feira, 8, devido a preocupações com a possível insolvência da corretora cripto FTX, que era a segunda maior do mundo até poucos dias atrás.

No último fim de semana, um balanço financeiro da Alameda Research, ligada à exchange, revelou que a empresa de investimentos detinha mais de um terço de suas reservas em FTT, o token nativo da corretora. Isso gerou questionamentos sobre a saúde financeira real das duas empresas, reforçadas pelo anúncio do CEO da Binance, Chanpeng Zhao, de que sua exchange liquidaria todas as suas posições do token.

Desde a segunda-feira, 7, investidores começaram a relatar, nas redes sociais, problemas para realizar movimentações, em especial retiradas, na FTX. "Tem algum ponto em negociar na FTX se não dá para retirar os lucros?", questionou um usuário do Twitter.

As dificuldades relatadas aumentaram ainda mais o temor sobre a falta de liquidez da corretora, levando a um efeito dominó que derrubou o FTT e aumentou ainda mais as tentativas de retirar investimentos na corretora. Pouco depois, Zhao anunciou que a Binance compraria a FTX como forma de resolver um "problema de liquidez".

A notícia chegou a trazer certo otimismo para os investidores. "Muito orgulho da maturidade disso. Não arrastar os ativos do cliente para a batalha. Engolir o ego e tomar a decisão estratégica correta para continuar construindo e competindo", comentou um usuário no post do CEO da FTX com o anúncio.

Entretanto, o efeito positivo durou pouco tempo. Os temores se espalharam e o movimento de queda no mercado se intensificou ainda mais. Com isso, alguns investidores começaram a usar o Twitter para relatar perdas que tiveram desde então.

"Estou fora de criptomoedas... obrigado por US$ 50 mil perdidos. O mercado de ações é o melhor", comentou um usuário. Outro, também citando uma perda de US$ 50 mil (pouco mais de R$ 250 mil na cotação atual), disse que a situação era "inacreditável".

"O que diabos acabou de acontecer?", questionou outra usuária. Em outro post, um investidor contou outra história triste sobre prejuízo com os ativos digitais: "Hoje eu perdi minhas economias suadas. Me sentindo estressado".

"Perdi quase tudo... como um pequeno investidor, isso é enorme para mim. Não sei como posso administrar agora. Grandes investidores estão jogando e nós estamos sofrendo", ressaltou um outro usuário, que compartilhou uma perda de cerca de US$ 800 (R$ 4 mil, na cotação atual).

Nas últimas 24 horas, o FTT teve perda de cerca de 75% de seu valor de mercado. A venda da exchange representa um grande revés para seu fundador, Sam Bankman-Fried, que até poucos dias era considerado um dos principais nomes do segmento de criptoativos. Em 2021, ele foi incluído como um dos mais influentes do mercado e entrou para a lista da revista de Forbes de bilionários.

O JEITO FÁCIL E SEGURO DE INVESTIR EM CRYPTO. Na Mynt você negocia em poucos cliques e com a segurança de uma empresa BTG Pactual. Compre as maiores cryptos do mundo em minutos direto pelo app. Clique aqui para abrir sua conta gratuita.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube | Telegram | Tik Tok