Gemini se une ao maior banco da Colômbia para oferecer criptomoedas

A Gemini permitirá a negociação de bitcoin, ether, litecoin e bitcoin cash através de uma parceria com o maior banco do país, que busca testar serviços bancários para plataformas de criptoativos na Colômbia
A parceria também serve como um passo importante para a expansão estratégica da presença da Gemini na América Latina (Andres Virviescas/Getty Images)
A parceria também serve como um passo importante para a expansão estratégica da presença da Gemini na América Latina (Andres Virviescas/Getty Images)
Por CoindeskPublicado em 07/12/2021 17:20 | Última atualização em 07/12/2021 17:21Tempo de Leitura: 2 min de leitura

A Gemini, corretora cripto norte-americana, planeja permitir que usuários na Colômbia negociem criptomoedas por meio de uma parceria com seu maior banco privado, o Bancolombia.

A partir de 14 de dezembro, a Gemini permitirá que um grupo seleto de usuários do Bancolombia negocie bitcoin, ether, litecoin e bitcoin cash por meio de uma plataforma exclusiva de negociação, anunciou Cynthia del Pozo García, diretora de estratégia e desenvolvimento corporativo da Gemini, na última segunda-feira, 7.

A parceria entre a Gemini e o Bancolombia faz parte de um programa piloto patrocinado pelo governo do país, que já existe há um ano, para testar serviços bancários para plataformas de criptoativos.

Em janeiro, a Superintendência Financeira da Colômbia (SFC), o órgão fiscal financeiro do país, anunciou que escolheu nove corretoras de criptomoedas (de 14 candidatas) para o projeto, incluindo a Gemini, Binance e a corretora mexicana Bitso.

“A parceria também serve como um passo importante para a expansão estratégica da presença da Gemini na América Latina”, afirmou del Pozo García em um comunicado e convidou outras instituições latinoamericanas a explorar oportunidades na região.

O Bancolombia é um banco comercial pertencente à holding Grupo Bancolombia, que tem operações na Colômbia, Panamá, Guatemala e El Salvador, e atende 17,8 milhões de usuários, de acordo com seu relatório de 2020.

O Bancolombia é o maior banco da Colômbia em ativos e capital de nível 1, de acordo com o The Banker.

Texto traduzido por Mariana Maria Silva e republicado com autorização da Coindesk

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube | Telegram | Tik Tok