Future of Money: PIX abre ‘estrada pública’ para transformação do sistema

Especialistas indicam que ativos digitais terão protagonismo nos sistemas financeiros globais no futuro próximo

PIX, criptomoedas e blockchain foram os grandes assuntos do terceiro painel do evento de lançamento do Future of Money, realizado na noite desta quinta-feira, 15, e promovido pela EXAME.

Transmitido ao vivo no YouTube, o debate reuniu Alex Nascimento, autor e professor da UCLA (Estados Unidos); Ricardo Paixão, professor da Universidade de Brasília (UNB) e coordenador do Lift Learning do Banco Central; e Reinaldo Rabelo, CEO do Mercado Bitcoin. A mediação coube a Nicholas Sacchi, Head de Criptoativos da EXAME.

Future of Money terá paineis semanais — às quintas-feiras à noite — até o dia 30 de novembro com alguns dos maiores especialistas do país para abordar temas como fintechs, open banking, PIX e LGPD, criptoativos, blockchain, moedas privadas e CBDCs, entre outros.

Para participar gratuitamente do evento que será transmitido no canal da EXAME no YouTube, basta se inscrever aqui.

No terceiro painel do evento, os quatro participantes deram sequência à discussão do debate anterior, com o ex-presidente do Banco Central Gustavo Franco, sobre democratização do mercado financeiro e o futuro do dinheiro. 

O PIX, novo sistema de pagamentos e transferências instantâneas do Banco Central, foi apontado como o principal ator de quebra de paradigmas do sistema financeiro no curto prazo. A previsão é que entre em vigor no dia 16 de novembro.

“Hoje, você precisa de um instrumento de pagamento para fazer qualquer transação. Bancos, cartões, um conjunto que vem evoluindo desde a década de 60 e funciona muito bem, mas é muito caro. Fazendo uma analogia, é como uma estrada pedagiada. Agora, com o PIX, o Banco Central cria uma estrada pública”, disse Ricardo Paixão.

“Sua utilização tira dinheiro que iria para o sistema financeiro e o distribui para toda a sociedade. Esse não é um efeito trivial”, disse o professor da UNB.

Além do novo sistema de pagamentos, os especialistas citaram a tecnologia blockchain e os criptoativos como outros pontos importantes para o futuro do dinheiro no Brasil e no mundo.

“O conceito do PIX está bem conectado com os conceitos dos criptoativos — o próprio presidente do Banco Central do Brasil (Roberto Campos Neto) afirmou que o Bitcoin foi importante para mostrar que um sistema de pagamentos digital e que funciona 24h por dia era possível”, afirmou Reinaldo Rabelo.

Para ele, que comanda uma das principais corretoras de criptomoedas do país, os tokens que utilizam blockchain deverão revolucionar o mercado financeiro global.

“A tokenização é uma provável revolução no mercado de capitais. Tokenizar ativos reais se mostra muito melhor, com os mesmos requisitos de governança e segurança, mas é muito mais barato, mais simples e mais rápido”, disse o CEO do Mercado Bitcoin.

“As pessoas não se dão conta do número de intermediários entre o investidor e o emissor de um valor mobiliário. Com juro baixo, esse custo não cabe mais e torna o investimento sem sentido. A tokenização levanta essa discussão com os reguladores e o próprio mercado”, completou.

Os quatro participantes do painel também reconheceram o histórico pioneirismo dos sistemas bancário e financeiro do Brasil como ponto fundamental para as perspectivas de futuro, em análise relacionada com o exemplo do PIX.

Assista à íntegra do debate entre os quatro especialistas no Future of Money*:

*O segundo painel começa após 1h24min40s do vídeo.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?

Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?

Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis

Já é assinante? Entre aqui.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.