Ferramenta detecta carteiras cripto alvo de sanções por guerra na Ucrânia

Duas novas ferramentas da empresa de análises de blockchain Chainalysis identificam carteiras cripto russas sancionadas pelos Estados Unidos após a invasão da Ucrânia
Gratuitas, novas ferramentas poderão beneficiar startups e projetos descentralizados (Getty Images/Jirapong Manustrong)
Gratuitas, novas ferramentas poderão beneficiar startups e projetos descentralizados (Getty Images/Jirapong Manustrong)
Por Gabriel MarquesPublicado em 22/03/2022 15:38 | Última atualização em 22/03/2022 15:38Tempo de Leitura: 2 min de leitura

A Chainalysis, empresa que provém dados sobre um blockchain para empresas, anunciou o lançamento de duas ferramentas que detectam carteiras cripto atingidas por sanções, como por exemplo aquelas atingidas feitas pelos Estados Unidos contra a Rússia após a invasão da Ucrânia. Ambas as ferramentas serão gratuitas e uma já está disponível, enquanto a outra deve ser lançada no mês que vem.

Com a transparência do blockchain, seria difícil para o governo russo ou sua elite financeira usá-lo para escapar das sanções, porém, alguns russos podem tentar usar os criptoativos como forma de escapar delas. Todas essas transações são permanentemente gravadas no blockchain, oferecendo oportunidades de identificar e impedir táticas de evasão das sanções.

(Mynt/Divulgação)

“Agora é o momento para a indústria demonstrar que a transparência do blockchain faz das criptomeodas um potente desencorajador da evasão às sanções”, disse Michael Gronager, confundador e CEO da Chainalaysis. “Antecipando essas sanções atuais, priorizamos o desenvolvimento dessas ferramentas para que todos os participantes do mercado de criptomoedas tenham o que precisam para aproveitar dessa transparência e conduzir detecções rápida e sem custo”, completou.

Enquanto grandes corretoras usam ferramentas mais poderosas da própria Chainalysis, que têm custo elevado, protocolos descentralizados, plataformas e pequenas startups que cresceram em popularidade e não têm acesso a esses recursos fazem das novas ferramentas, gratuitas, um importante aliado no controle de risco reputacional e no cumprimento das sanções.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube | Telegram | Tik Tok