Future of Money

Ex-CEO da FTX será investigado por manipulação de mercado na quebra da Luna

Promotores federais dos EUA estão analisando o papel que a FTX e a Alameda podem ter desempenhado na queda do blockchain Terra

C

Cointelegraph Brasil

8 de dezembro de 2022, 14h19

Os promotores federais dos Estados Unidos começaram a investigar se o colapso do blockchain Terra foi de fato desencadeado por táticas de manipulação de mercado do ex-CEO da corretora de criptoativos FTX, Sam Bankman-Fried.

Acesse o melhor conteúdo do seu dia, talvez o único que você precise.

Com uma conta gratuita.

Faça parte

Promotores do país estariam investigando - como parte de uma apuração mais ampla sobre o colapso da própria FTX - se o império de Bankman-Fried causou intencionalmente uma enxurrada de ordens de venda na stablecoin algorítmica do Terra, a TerraUSD Classic (USTC), anteriormente TerraUSD (UST).

Continua após a publicidade

O aumento repentino nas ordens de venda da UST tornou difícil combiná-las com as ordens de compra correspondentes, o que, por sua vez, forçou mais pressão de queda de preço na stablecoin, fazendo com que ela perdesse o lastro com o dólar norte-americano.

Veja também

  • O JEITO FÁCIL E SEGURO DE INVESTIR EM CRYPTO. Na Mynt você negocia em poucos cliques e com a segurança de uma empresa BTG Pactual. Compre as maiores cryptos do mundo em minutos direto pelo app.Clique aquipara abrir sua conta gratuita.

Os eventos também levaram à queda do criptoativo nativo do Terra, Terra Classic (LUNC), anteriormente conhecido como Luna, já que as duas criptomoedas foram projetadas para serem vinculadas.

Mas, embora ninguém tenha sido capaz de determinar com precisão a causa raiz por trás do colapso da LUNC e da USTC em maio, sabe-se que a maioria das ordens de venda da USTC veio da Alameda, empresa de trading de Bankman-Fried.

Uma pessoa com conhecimento sobre o assunto também disse ao jornal New York Times que a Alameda Research fez uma grande aposta na queda do preço da Luna.

Como a maioria dos comentários que Bankman-Fried compartilhou desde o colapso da FTX, o ex-CEO afirmou que “não estava ciente de nenhuma manipulação de mercado e certamente nunca teve a intenção de se envolver em manipulação de mercado”, de acordo com o NYT. “Pelo que sei, todas as transações foram para investimento ou hedge”, acrescentou.

Respondendo ao relatório recente, o CEO da Terraform Labs, Do Kwon, compartilhou seus pensamentos sobre o assunto com seus seguidores no Twitter. Ele sugeriu que era hora da Genesis Trading esclarecer um suposto empréstimo de US$ 1 bilhão em UST para “SBF ou Alameda” pouco antes do colapso do ecossistema Terra de Kwon.

Kwon também disse que uma grande contração cambial pela qual a UST passou em fevereiro de 2021 foi iniciada pela Alameda “quando eles venderam 500 milhões de UST em minutos para drenar seus pools de curvas durante a crise do MIM”. “O que foi feito nas trevas virá à luz”, destacou o desenvolvedor.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube | Telegram | Tik Tok

Continua após a publicidade

Últimas notícias

ver mais

Continua após a publicidade

Brands

ver mais

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

leia mais