Ethereum registra aumento no volume de criação de blocos, com tempo médio menor, após 'The Merge'

Número de blocos criados diariamente na rede aumentou cerca de 18%, passando de aproximadamente 6.000 blocos para 7.100
Tempo médio que os mineradores ou validadores levam para verificar as transações na Ethereum caiu mais de 13% (Capuski/Getty Images)
Tempo médio que os mineradores ou validadores levam para verificar as transações na Ethereum caiu mais de 13% (Capuski/Getty Images)
C
Cointelegraph BrasilPublicado em 03/10/2022 às 10:03.

A implementação do "The Merge" na Ethereum, que buscava principalmente fazer a transição do blockchain para um mecanismo de consenso de prova de participação (proof-of-stake), revelou ter um impacto positivo na criação de novos blocos na rede.

O "The Merge" foi considerado uma das atualizações mais significativas para o Ethereum. Como resultado das discussões sobre o processo, vários equívocos sobre taxas de gás mais baratas e transações mais rápidas atormentaram o ecossistema de criptomoedas.

(Mynt/Divulgação)

No entanto, algumas das melhorias evidentes experimentadas pelo blockchain após a mudança incluem um aumento acentuado na criação diária de blocos e uma diminuição no tempo médio para gerar esses blocos.

Em 15 de setembro, o Ethereum concluiu a atualização após a transição bem-sucedida da rede para a prova de participação. No mesmo dia, o número de blocos criados diariamente aumentou cerca de 18% - de aproximadamente 6.000 blocos para 7.100.

Complementando esse movimento, o tempo médio que os mineradores ou validadores levam para verificar as transações na Ethereum caiu mais de 13%, conforme evidenciado pelos dados do YCharts.

As descobertas mostram o impacto positivo do "The Merge" na Ethereum.

Após a atualização, os preços de processadores GPU na China testemunharam uma queda significativa à medida que o blockchain se afastou do mecanismo de consenso de prova de trabalho (proof-of-work), que demanda equipamentos mais avançados e com uso intensivo de energia.

O preço da Nvidia GeForce RTX 3080 caiu de US$ 1.118, ou 8.000 yuans, para 5.000 yuans em três meses, de acordo com um comerciante chinês. Ele afirmou ainda que "ninguém [na China] está comprando novos computadores, muito menos novas GPUs".

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube | Telegram | Tik Tok